Dá voz à Letra

A Fundação Calouste Gulbenkian tem uma longa tradição no apoio a projetos ligados ao desenvolvimento do gosto pela leitura, nomeadamente entre os mais jovens.

O concurso Dá Voz à Letra é um desses projetos e vai já na sua 4ª edição.

Pelo facto de, em França, existir uma das maiores comunidades estrangeiras de língua portuguesa no mundo, bem como um conjunto significativo de escolas ligadas ao ensino do português, a Fundação Calouste Gulbenkian tomou a iniciativa de realizar, pela primeira vez, o Dá Voz à Letra neste país.

O concurso destina-se aos alunos que frequentam o ensino secundário, público ou privado, na Île-de-France (academias de Créteil, Paris e Versailles), com idades entre os 15 e os 18 anos inclusive, e tem como objetivos:

  • Desenvolver, simultaneamente, capacidades diversas das que são desenvolvidas pela leitura silenciosa, nomeadamente, a dicção; a colocação e a projeção da voz; a noção de ritmo na leitura; a descoberta das possibilidades interpretativas na leitura de diferentes tipos de textos
  • Incentivar, através da leitura em voz alta, o conhecimento de textos da literatura em língua portuguesa
  • Dar a conhecer as traduções para língua francesa dos textos de autores de língua portuguesa
  • Divulgar o espólio da Biblioteca da Delegação em França a estudantes pré-universitários

A quarta edição do concurso realiza-se em Paris, entre setembro de 2017 e fevereiro de 2018, e contou com a parceria do Consulado Geral de Portugal em Paris, Camões – Instituto da Coperação e da Língua, Agrafr – Association des Diplômés Portugais en France, ACEP – Association Culturelle pour les Etudes Portugaises, Casa de Portugal – André de Gouveia, Institut Lusophone de Pontault-Combault, Parfums de Lisbonne, ADEPBA – Association pour le Développement des Etudes Portugaises, Brésiliennes, de l’Afrique et de l’Asie lusophones e Porto Editora.

Para mais informações sobre o concurso, regulamento, prazos aceda a: https://gulbenkian.pt/davozaletra/fr/

Atualização em 27 Setembro 2017