8 abril 2019

Cinema Elemental. Da Imagem Alquímica ao Ecofeminismo

Durante o mês de junho, a Coleção Moderna recebe o ciclo «Cinema Elemental: Da Imagem Alquímica ao Ecofeminismo», com obras que revelam preocupações ecológicas, com enfoque em cineastas femininas.

Barbara Hammer«Women I Love», 1976. Cortesia EAI

Explorando a noção de cinema elemental, este programa de filmes aborda a relação do humano com a dimensão sensual e íntima do domínio material.

Apresentando uma diversidade de experiências com imagem em movimento, os trabalhos em vista revelam preocupações ecológicas – aplicando técnicas alternativas de processamento de celulóide, que envolvem agentes como fungos ou vegetais –, além de incluírem o ponto de vista do não-humano, testando os limites do olhar da câmara e desafiando o nosso posicionamento em relação ao mundo.

Com foco em cineastas femininas, as obras selecionadas fazem uma ponte entre o conhecimento sensorial e pragmático do mundo, contando com reflexões sobre a geopoética, o ecofeminismo e a ficção especulativa, colocando ênfase no debate corrente sobre as nossas ideações materiais.

A programação completa será divulgada brevemente.

Curadoria: Margarida Mendes