Os Magos do Oriente. Miniaturas da Coleção Calouste Gulbenkian

Exposição da série «Obra em Foco», desta feita dedicada à representação dos Reis Magos na coleção de livros de horas reunida por Calouste Gulbenkian. Esta pequena mostra constitui-se como mais um contributo da instituição para uma história da arte do livro, salientando a relevância da sua coleção.
Exhibition from the “A Work in Focus” series dedicated to representations of the Wise Men in Calouste Gulbenkian’s collection of books of hours. This small-scale event highlighted the importance of the institution’s collection in what was yet another contribution to the history of book art.

Exposição da série «Obra em Foco», dedicada à representação dos Reis Magos na coleção de livros de horas reunida por Calouste Sarkis Gulbenkian.

Inaugurada na época natalícia, esta mostra, comissariada por João Carvalho Dias, propunha ao visitante um olhar aprofundado sobre as transformações iconográficas do episódio da Adoração dos Magos, narrado no Novo Testamento por São Marcos. Das obras selecionadas faziam parte nove livros de horas manuscritos e um incunábulo, executados entre os séculos XV e XVI, em importantes centros de produção, franceses e flamengos.

Integrada na sala de arte europeia do Museu, dedicada aos marfins e iluminuras dos séculos X a XVI, esta pequena mostra consistiu numa única vitrina, onde foram dispostos os referidos livros abertos. Os fólios destacados apresentavam iluminuras com diferentes representações da cena da Adoração dos Magos.

Para auxiliar a observação de cada uma das miniaturas, foram incluídos na vitrina textos explicativos contendo breves análises iconográficas. Estes, apesar de se centrarem na composição da cena e suas personagens, faziam igualmente referência aos elementos decorativos e arquitetónicos que a enquadravam e traçavam alguns paralelismos com a pintura do mesmo período. Deste modo, eram destacadas a qualidade pictórica e a dimensão iconográfica, incentivando uma observação demorada das obras.

De forma a contribuir para uma história da arte do livro, salientando a relevância da coleção em exposição, cada volume desta mostra foi acompanhado por uma legenda detalhada que indicava o local e a data de execução, o autor das miniaturas, o tipo de encadernação e materiais. A estes dados juntavam-se outros, relativos à proveniência e incorporação, que permitiam uma aproximação ao funcionamento do mercado livreiro nas primeiras décadas do século XX, à história do colecionismo destes objetos e à constituição da coleção de Calouste Gulbenkian.

No que diz respeito aos exemplares selecionados, importa ainda notar que alguns destes estiveram entre as obras afetadas pelas inundações de 1967, quando a coleção se encontrava provisoriamente depositada no Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras. Este aspeto é mencionado no texto de abertura incluído na vitrina, o que revela que as mostras desta série, além de trazerem a público peças raramente expostas, procuravam divulgar a história da Coleção Gulbenkian e a sua musealização, apresentando os resultados do trabalho desenvolvido pelo Museu no âmbito da investigação e da conservação e restauro.

Contrariando a prática comum até então, esta mostra não possuiu qualquer publicação associada.

Mariana Roquette Teixeira, 2020


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Coleção Gulbenkian

Livro de Horas

Dois seguidores do Mestre de Adelaide de Saboia

Livro de Horas, c. 1460-1470 / Inv. LA135

Livro de Horas ou Horas de Ayala

Mestre das Cenas de David no Breviário de Grimani (ativo c. 1490- c. 1520)

Livro de Horas ou Horas de Ayala, c. 1495-1505 / Inv. LA128

Livro de Horas

Mestre das Muito Pequenas Horas de Ana da Bretanha (ativo 1480-1510)

Livro de Horas, 16 de Setembro de 1498 / Inv. LA134

Livro de Horas

Mestre de Bedford (act. Paris 1405-1430)

Livro de Horas, c.1410-1415 / Inv. LA141

Livro de Horas de Isabel da Bretanha ou Horas de Lamoignon

Mestre de Bedford (act. Paris 1405-1430)

Livro de Horas de Isabel da Bretanha ou Horas de Lamoignon, c.1415-1416 / Inv. LA237

Livro de Horas ou Horas de Holford

Mestre de Jaime IV da Escócia (ativo década de 1480- década de 1530)

Livro de Horas ou Horas de Holford, 1526 / Inv. LA210

Livro de Horas

Mestre do Romuleon

Livro de Horas, c.1480-1490 / Inv. LA145

Livro de Horas de René II da Lorena

Mestre François

Livro de Horas de René II da Lorena, Entre 1473 e 1479 / Inv. LA147

Livro de Horas

Nöel Bellemare

Livro de Horas, c.1520 / Inv. LA217

Livro de Horas

Willem Vrelant (ativo 2º quartel do século XV-m. 1481)

Livro de Horas, c.1475 / Inv. LA144


Eventos Paralelos

Visita(s) guiada(s)

[Os Magos do Oriente. Miniaturas da Coleção Calouste Gulbenkian]

Fundação Calouste Gulbenkian / Museu Calouste Gulbenkian – Galerias da Exposição Permanente
Lisboa, Portugal

Material Gráfico


Fotografias


Documentação


Fontes Arquivísticas

Arquivo Digital Gulbenkian, Lisboa / ID: 9268

Coleção fotográfica, cor: aspetos (FCG, Lisboa) 2015


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.