Pedro Tamen

1934, Lisboa, Portugal

Outro nome: Pedro Mário de Alles Tamen. Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian (1975 – 2000): pelouros Museu Calouste Gulbenkian, CAM, ACARTE, Biblioteca de Arte, Serviço de Belas-Artes e revista «Colóquio»

3 Exposições

Foi administrador da Fundação entre 1975 e 2000. Nesse contexto, tutelou o Museu Calouste Gulbenkian, o Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão, o Serviço de Animação, Criação Artística e Educação pela Arte (ACARTE), a Biblioteca de Arte, o Serviço de Belas-Artes e a revista Colóquio.
Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, poeta e tradutor galardoado com o Prémio de Crítica, o Grande Prémio Inapa de Poesia e o Grande Prémio de Tradução. O livro Tábua das Matérias reúne grande parte das suas poesias, e de entre as traduções destacam-se a Imitação de Cristo, a Epopeia de Gilgamesh e Em Busca do Tempo Perdido.
O seu trabalho está incluído na generalidade das antologias de poesia contemporânea, e foi duas vezes finalista do Prémio Europeu de Tradução. Foi chefe de redação do jornal Encontro, dirigente cineclubista, professor no ensino secundário, diretor da Editora Moraes, diretor da Associação Portuguesa de Escritores e presidente do PEN Clube Português. Fez crítica literária no Expresso e tem colaboração dispersa em numerosos jornais e revistas de Portugal e do Brasil.


Entidades Relacionadas


Eventos Paralelos


Publicações


Multimedia


Documentação


Exposições

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.