1942

  • Desenvolve amizade nos círculos de Almada Negreiros e António Ferro, estabelecendo maior proximidade com as exposições e edições do SPN/SNI.
  • Prémio Amadeo de Souza-Cardoso na «7ª Exposição de Arte Moderna» do SPN (dezembro) com o quadro A Festa. Apresentará ainda Episódio com um Cão, também conhecido como Um Cão e outras coisas. Almada Negreiros ganha o prémio Columbano e António Duarte o prémio Manuel Pereira, de escultura.
  • Com Almada Negreiros terá visitado uma exposição improvisada no quarto alugado, numa casa da Rua das Flores, que servia de atelier comum a alguns ex-alunos da Escola de Artes Decorativas António Arroio, muitos com apenas 16 e 17 anos, quase todos recém-inscritos na Escola de Belas-Artes de Lisboa. Era a primeira exposição de uma nova geração que iria marcar o neorrealismo e o surrealismo em Portugal, em que constavam nomes como Fernando Azevedo, Júlio Pomar, Marcelino Vespeira, José Maria Gomes Pereira e Pedro Oom. [«Histórias portuguesas (anos 40…)»]
  • Concebe três ilustrações para o livro de poesia de Merícia de Lemos, Pássaro Preso – Poemas, iniciando uma colaboração de ilustração de livros de poemas e retratos de poetas ao longo da década, dentro de um círculo de amizades que incluía, além de Merícia de Lemos, nomes como Adolfo Casais Monteiro, Tomás de Figueiredo, Tomás Kim (pseudónimo artístico de Joaquim Fernandes Tomaz Monteiro-Grillo) ou o brasileiro Rui Ribeiro Couto:
    Adolfo Casais Monteiro, Noite Aberta aos Quatro Ventos e outros poemas. Lisboa: Edições Signo, 1943 [com cinco desenhos de António Dacosta]
    Rui Ribeiro Couto, Dia Longo – Poesias Escolhidas. Lisboa: Portugália Editora, 1944 [Retrato de Ribeiro Couto (desenho de António Dacosta); capa de Cícero Dias]
    Rui Ribeiro Couto, Uma Noite de Chuva e Outros Contos. Lisboa: Edições Inquérito, 1944 [com 12 ilustrações de António Dacosta]
    Adolfo Casais Monteiro, Europa. Edições Confluência, 1946 [capa e uma ilustração de António Dacosta]
    Adolfo Casais Monteiro, Simples Canções da Terra, seguidas duma Ode a Gomes Leal. Sob o Signo de Portucale, Cadernos das Nove Musas, março de 1949 [com retrato de Adolfo Casais Monteiro por António Dacosta]

Obras Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.