Jardim da Cobertura dos Congressos

Uma retícula definida pelos percursos – em lajetas de betão – conjuga-se com um desenho orgânico definido pelas plantas herbáceas que, pelas cores e distintas texturas que apresentam, reforçam o desenho que definem.

As opções tomadas, no que se refere ao desenho deste jardim, revelam de forma clara como os arquitetos paisagistas tinham presente o facto que este jardim era para ser visto de cima, ser visitado pelo olhar a partir do interior do edifício para fora.

O desenho deste jardim de cobertura deve ser lido em relação com os jardim  das  coberturas da Galeria das Exposições Temporárias e do Grande Auditório.   

  • Data de produção: 1967
  • Projetistas (autores principais): BARRETO, António Facco Viana, TELLES, Gonçalo Pereira Ribeiro
  • Contribuintes (autores secundários): FCG - Serviço de Projectos e Obras
  • Fase do projeto: Do projeto de execução à obra (1963-1969)
  • Identificador: PT FCG FCG:SCT-S006/01-DES00003
  • Cobertura temporal: 1967
  • Tipo de dados: Imagem
  • Formatos de extensão: 1 desenho
  • Formato de media: jpg
  • Materiais: relvado
  • Vegetação : Ajuga reptans | Ajuga, Cerastium tomentosum | Cerástio, Erigeron karvinskianus | Margacinha, Ophiopogon japonicus | Relva-do-Japão, Thymus vulgaris | Tomilho
  • Palavras-chave: cobertura, herbáceas, peça técnica, revestimento vivo, sistema de vegetação

Para consultar a versão original deste documento deverá contactar os Arquivos Gulbenkian através do endereço eletrónico [email protected] e referenciar o identificador