Giancarlo Guerrero integra a equipa de maestros da Orquestra Gulbenkian

Giancarlo Guerrero será o novo Maestro Convidado Principal da Orquestra Gulbenkian a partir da Temporada 18/19. Esta nomeação segue-se à recente designação de Lorenzo Viotti como Maestro Titular.

O maestro costa-riquenho já tinha dirigido a Orquestra Gulbenkian em 2007, 2009, e em fevereiro de 2017, num concerto dedicado a Chostakovitch e Dutilleux, muito elogiado pela crítica. No mês passado, regressou a Lisboa para dirigir obras de Rachmaninov e Respighi.

Como Maestro Titular da Orquestra Sinfónica de Nashville, Guerrero tem vindo a realizar um notável trabalho de renovação ao longo dos últimos anos, tendo conquistado vários prémios Grammy. Desde a temporada 17/18 é o Diretor Musical da Orquestra Filarmónica de Wrocław, na Polónia.

Giancarlo Guerrero é regularmente convidado para dirigir os mais importantes agrupamentos orquestrais da América do Norte, como Baltimore, Boston, Cincinnati, Cleveland, Dallas, Detroit, Houston, Indianápolis, Montreal, Seattle, Toronto, Vancouver, Filadélfia, Washington ou Los Angeles.

As suas frequentes apresentações na Europa têm sido muito bem recebidas, à frente de orquestras como a Sinfónica da Rádio de Frankfurt, a Filarmónica de Bruxelas, a Filarmónica da Rádio Alemã, a Filarmónica da Radio France, a Residentie Orkest, a Orquestra Nacional do Capitólio de Toulouse ou a Filarmónica de Londres, entre outras.

Para além do seu vasto repertório dos períodos clássico e romântico, Guerrero é um adepto fervoroso de nova música, tendo impulsionado o trabalho de alguns dos mais respeitados compositores americanos através de encomendas, gravações e estreias mundiais.