Rui Sul Gomes

Timbales

Natural do Porto, estudou no Conservatório Nacional de Lisboa, com Girão Ferreira, e na Academia Nacional Superior de Orquestra. Paralelamente, frequentou os cursos de aperfeiçoamento de Benoit Cambrelaing, Nicolas Martynciow, Juanjo Guillem, Miquel Bernat, Steven Schik, John Bergamo, Emanuel Sejourné e Robert Van Sice, entre outros e estudou, a nível particular, com Nick Woud, Solista da Orquestra do Real Concertgebouw de Amesterdão.

Apresentou-se com diversas formações nos principais festivais em Portugal, no Coliseu do Porto e na Fundação Calouste Gulbenkian. Como solista, actuou com a Orquestra Académica Metropolitana, a Filarmonia das Beiras e a Orquestra Clássica de Espinho, com a qual tocou, em primeira audição em Portugal, o Concerto Fantasia para dois Timpaneiros e Orquestra de Philip Glass, com o percussionista Miguel Bernat.

Em colaboração com vários agrupamentos, apresentou-se em vários países da Europa, nos Estados Unidos da América, na Tailândia e em Macau.

Tem sido convidado para orientar cursos de percussão e lecciona actualmente na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto e na Academia Nacional Superior de Orquestra. De 2000 a 2006, ocupou o lugar de Percussionista/Solista na Orquestra Nacional do Porto. É 1º Solista da Orquestra Gulbenkian desde Abril de 2006.

 

Novembro 2008

Atualização em 08 Fevereiro 2017