FCG Secção: Música

Pedro Neves

Maestro Convidado

Pedro Neves é Maestro Convidado da Orquestra Gulbenkian e Maestro Titular da Orquestra Clássica de Espinho. É professor na Academia Nacional Superior de Orquestra e doutorando na Universidade de Évora, tendo como objeto de estudo as seis Sinfonias de Joly Braga Santos.

Pedro Neves nasceu em Águeda e iniciou o seu percurso musical no Conservatório de Aveiro, onde estudou violoncelo com Isabel Boiça. Foi também aluno de Paulo Gaio Lima na Academia Nacional Superior de Orquestra e, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, estudou com Marçal Cervera na Escola de Música Juan Pedro Carrero, em Barcelona. Foi premiado no concurso da Juventude Musical Portuguesa e no Prémio Jovens Músicos.

Pedro Neves interessou-se pela direção de orquestra desde muito cedo. Estudou com Jean Marc Burfin na Academia Nacional Superior de Orquestra, onde se licenciou. Em seguida, aprofundou os seus conhecimentos de direção com Emílio Pomàrico, em Milão. Em 2006 e 2008, foi maestro assistente do maestro Michael Zilm. Foi maestro titular da Orquestra do Algarve (2011-2013) e é um convidado regular das principais orquestras portuguesas. Dirigiu também a Orquestra da Cidade de Joensuu (Finlândia) e a Orquestra Sinfónica de Porto Alegre (Brasil). Em 2012 colaborou pela primeira vez com a Companhia Nacional de Bailado, tendo dirigido A Bela Adormecida de Tchaikovsky. No domínio da música contemporânea, colabora com o Sond’arte Electric Ensemble, tendo dirigido estreias de obras de compositores portugueses e estrangeiros. Com o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa e com o Remix Ensemble – Casa da Música, realizou digressões na Coreia do Sul e no Japão. É fundador da Camerata Alma Mater, que se dedica à interpretação do repertório para orquestra de cordas. A sua personalidade artística é marcada pela coerência e pela seriedade da interpretação musical.

 

Setembro 2016