Levon Mouradian

Violoncelo

Em 1985, Levon Mouradian recebeu o 2.º Prémio e a Medalha de Prata no Concurso Internacional de Violoncelo Pablo Casals. Em 1986, foi laureado no Concurso Internacional Tchaikovsky, em Moscovo, e em 1997 foi 1.º Prémio de Violoncelo no Concurso de Instrumentos de Arco Júlio Cardona, na Covilhã.

Estreou-se em público aos dez anos, tendo ganho o 1.º Prémio de Interpretação num concurso para jovens músicos realizado na Arménia. Aos catorze anos tocou em público, como solista, as Variações Rococó de Tchaikovsky, com a Orquestra Sinfónica da Arménia, dirigida pelo maestro D. Khandjian. Ainda como solista, apresentou-se com as mais importantes orquestras da União Soviética, sob a direção de eminentes maestros como V. Gergiev, G. Rozhdestvensky, D. Kakhidze ou Vag Papian. Apresentou-se em concerto em vários países da Europa, nos Estados Unidos da América, no Japão em Israel e no Brasil.

Foi o professor titular da classe de violoncelo e música da câmara do Departamento de Artes da Universidade de Évora e orienta regularmente cursos de aperfeiçoamento de violoncelo e da música de câmara.

Como solista, ou integrado em grupos de música de câmara, atuou em importantes festivais internacionais, nomeadamente em Munique (Nachtsücke), Tallin (David Oistrakh), Weikersheim, São Petersburgo, Santander, Burgos e Cangas de Onis e ainda nos principais festivais em Portugal. Gravou vários álbuns com repertório clássico e contemporâneo, com destaque para as obras de compositores arménios. Levon Mouradian toca num violoncelo veneziano do séc. XVIII.

 

Outubro 2014

Atualização em 08 Fevereiro 2017