Alexey Neklyudov
Alexey Neklyudov © DR

Alexey Neklyudov

Tenor

Foi com grande sucesso que o jovem tenor Alexey Neklyudov se estreou no Festival de Bregenz 2019, no papel de Lenski (Evgeni Onegin). Este momento de uma carreira em franca ascensão foi precedido por outras duas assinaláveis estreias recentes, na Deutsche Oper am Rhein (como Alfredo, em La traviata) e no Theater St. Gallen (como Nemorino, em L’elisir d‘amore). Para além da Fundação Gulbenkian, os seus compromissos na presente temporada incluem estreias como Ferrando (Così fan tutte), na Ópera de Zurique, e Alfredo, numa nova produção de La traviata, na Komische Oper Berlin. Convidado regular do Teatro Bolshoi de Moscovo, a agenda de Neklyudov inclui também novas representações de Alfredo e Lenski neste prestigioso teatro.

Alexey Neklyudov iniciou a sua carreira musical em Reutov, perto de Moscovo. Estudou também no Centro de Ópera Galina Vishnevskaya e no Instituto Gnessin de Moscovo, com Svetlana Nesterenko. Venceu vários concursos de canto e, em 2012 e 2013, foi distinguido, respetivamente, pela Filarmónica Nacional da Rússia e pela Fundação Muslim Magomayev. Outros destaques da carreira de Neklyudov incluem: Tamino (A flauta mágica), Oronte (Alcina) e Percy (Anna Bolena), no Badische Staatstheater Karlsruhe; Don Ottavio (Don Giovanni), com a Orquestra de Câmara de Moscovo e o maestro Stefano Montanari, no Auditório Tchaikovsky. No Festival Internacional de Colmar 2019, cantou o Requiem de Mozart e Os Sinos de Rachmaninov.