Sinfonia do Novo Mundo

Orquestra Gulbenkian / Gábor Káli / André Gaio Pereira

Slider de Eventos

O compositor checo Antonín Dvořák viveu apenas dois anos e meio em Nova Iorque, mas foi o tempo suficiente para deixar uma marca na cidade e para a música norte-americana inspirar a sua criação. O caso mais evidente da sua permeabilidade às sonoridades que descobriu do outro lado do Atlântico encontra-se na Sinfonia n.º 9, intitulada “Do Novo Mundo”, atravessada por referências a espirituais afro-americanos e à música nativa. A acompanhar esta obra, a Orquestra Gulbenkian, sob a direção do maestro húngaro Gábor Káli, apresentará duas peças de Ligeti, contando com a participação solista de André Gaio Pereira, Prémio Maestro Silva Pereira – Jovem Músico do Ano 2017.


Programa

Orquestra Gulbenkian
Gábor Káli Maestro
André Gaio Pereira Violino

György Ligeti
Concerto romeno (“Concert românesc”)

György Ligeti
Concerto para Violino e Orquestra

Antonín Dvořák
Sinfonia n.º 9, em Mi menor, op. 95, “Do Novo Mundo”


Mecenas Principal Gulbenkian Música