Os dias mais longos e os mais curtos

Coro Gulbenkian

Slider de Eventos

Data

Loading

Local

Grande Auditório Fundação Calouste Gulbenkian

Concerto sem intervalo.

Reconhecido pelas composições grandiosas com que aborda temáticas socialmente relevantes, o compositor Eugene Birman é, nas palavras da BBC, um compositor de “qualidade dramática” e “intensa emoção”. A convergência entre as grandes questões atuais e a busca pela beleza suprema tem-se manifestado, muitas vezes, através de obras para ensembles vocais, como acontece com Os dias mais longos e os mais curtos, uma encomenda da Fundação Gulbenkian, em estreia absoluta. Trazendo tecnologia de ponta ao Grande Auditório, para Birman esta é uma oportunidade para regressar a uma questão que já era central para si e foi ampliada pela pandemia: quão essencial é a criação artística para as sociedades contemporâneas?


Programa

Coro Gulbenkian
Jorge Matta Maestro
Cecília Rodrigues Soprano
David Hackston Contratenor
Raúl da Costa Piano

Djaimilia Pereira de Almeida Texto
Giorgio Biancorosso Dramaturgia

Inês Tavares Lopes Maestra assistente
João Hora Direção técnica

Eugene Birman
Os dias mais longos e os mais curtos *
I. (Etereo)
II. (Serenissimo e piu mosso)
III. (Luminescente)

 

* Encomenda da Fundação Calouste Gulbenkian – Estreia absoluta.


VÍDEO

O compositor Eugene Birman e o encenador Giorgio Biancorosso fazem uma antevisão deste espetáculo e desvendam um pouco sobre a obra que será interpretada pelo Coro Gulbenkian em estreia absoluta no Grande Auditório.


Guia de Audição


  • Por Eugene Birman e Giorgio Biancorosso

Informação Relacionada

Mecenas Principal Gulbenkian Música

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através do formulário Pedido de Informação.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.