Olaia

Cercis siliquastrum

Família e descrição

Pertencente à família Fabaceae ou Leguminosae, subfamília Caesalpiniaceae, género Cercis, a Cercis siliquastrum é uma pequena árvore de folha caduca que pode atingir 5 a 7 m de altura.

Possui folhas de 6 a 10 cm, cordiformes e verde-escuras.

As flores, de cor rosa intenso, têm aproximadamente 1,5 cm de comprimento, cálice curto, e agrupam-se em fascículos densos. Florescem no final do inverno, antes do aparecimento das folhas, em ramos de um ano e também no tronco. As flores são polinizada por abelhas e outros insetos.

Os frutos são vagens com cerca de 7 a 10 cm de comprimento, de cor castanho-acinzentado quando maduras, surgindo durante o mês de setembro.

 

Origem e habitat

Originária da região mediterrânea oriental, até à Pérsia, pode encontrar-se em estado espontâneo na Península Ibérica mediterrânica sendo, contudo, muito rara.

É relativamente resistente à secura estival, preferindo climas quentes.

Pode viver em solos calcários ou siliciosos.

 

Utilizações e curiosidades

É muito comummente utilizada como ornamental em Portugal, em jardins e arruamentos, devido à sua abundante floração e rusticidade.