Conteira

Hedychium gardnerianum

Hedychium gardnerianum é uma herbácea, perene, pertencente à família Zingiberaceae.

É uma planta rizomatosa que atinge até 2 a 4 metros de altura.

Originária do Himalaia, é considerada uma espécie invasora na Nova Zelândia, Havai e Açores, onde se tem vindo a tornar um problema crescente para a vegetação nativa.

Possui grandes rizomas e caules com grandes folhas de intenso verde brilhante. As folhas são alternas, oblongas a lanceoladas, sésseis, acuminadas, inteiras, podendo atingir 60cm de comprimento.

As flores, hermafroditas, são odoríferas, tubulosas, de cor amarelo claro, com longos estiletes vermelhos,  agrupadas em densas inflorescências terminais em forma de espigas eretas. Floresce no final do verão.

Os frutos são cápsulas globosas até 1,5 cm de comprimento, laranja-avermelhadas no interior, onde se formam numerosas pequenas sementes avermelhadas.

Esta planta é frequentemente usada como ornamental em muitos parques e jardins, sobretudo em situações de maior humidade. Prefere clima quente, mas tolera regiões temperadas que tenham geadas ligeiras e ocasionais.

É uma planta tolerante a vários tipos de solos, desde arenosos a argilosos, secos ou com humidade, desenvolvendo-se muito bem em situações de boa exposição solar mas tolerando sombra parcial.

Tem também muito poucas exigências de manutenção, não necessitando de poda.