FCG Secção: Jardim

Andorinhão-preto

Apus apus

O andorinhão-preto é um insetívoro exclusivo que, à semelhança das andorinhas, captura as suas presas em vôo alimentando-se do designado “plâncton aéreo”. É uma ave migradora nidificante observável de Março a Outubro, mês em que as últimas aves rumam com destino a África, onde permanecem durante a estação fria.

O nome científico do andorinhão-preto – Apus apus – alude à semelhança morfológica com as andorinhas e ao facto de as suas patas serem bastante pequenas dando a ideia que “são desprovidas de pés” (do termo grego apous que significa “sem pé”).

Os andorinhões-pretos passam a maior parte das suas vidas em vôo. E a sua morfologia ilustra bem a adaptação à vida na coluna do ar.

Texto: João E. Rabaça