Aureliano Lima. Exposição Retrospectiva da Obra Artística e Literária

Design gráfico
Artur Moreira, Odete Loureiro, Teresa Lapa
Edição
Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Exposições e Museografia, 1988
Notas
Contém lista de obras expostas e biografia do artista representado
Proveniência
Biblioteca de Arte Gulbenkian, Lisboa / ET 912
Direitos
A utilização deste documento, de acordo com os Termos de Utilização, exige a prévia autorização da respetiva entidade detentora (Proveniência). No caso de o documento pertencer ao acervo da Fundação Calouste Gulbenkian essa autorização poderá ser solicitada através do formulário Autorização para a Utilização.
Texto(s)
José Sommer Ribeiro, «[Apresentação]», s.p.
Barbosa da Costa, «[Introdução]», p. 3
Diogo Alcoforado, «Sobre uma escultura de Aureliano Lima», p. 7
Eduardo Lourenço, «Aureliano na nossa Coimbra», p. 8
António José Cardoso, «Aureliano memória e exemplo», p. 10
Arlindo Rocha, «Ao poeta-escultor. Confissão de amar», p. 11
José Rodrigues, «Aureliano Lima. Mal o conhecia», p. 11
Jaime Isidoro, «[Sem título]», p.12
Jaime Azinheira, «[Sem título]», p. 14
Fernando de Guimarães, «Acerca da poesia de Aureliano Lima», p. 16
Mário Cláudio, «[Sem título]», p. 17
Serafim Ferreira, «Prefácio de mémoria e saudade», pp. 18-19
Ilídio Sardoeira, «Aureliano Lima», pp. 20-21
Aureliano Lima, «Por este espaço», p. 25

Exposições

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.