FCG Secção: Música

Música na Escola

Mais de 600 alunos do 2º ciclo de escolas de Lisboa estão a participar no programa “Música na Escola” da Gulbenkian Música, que arrancou no início deste ano letivo.

Sair do espaço da Fundação, criar laços com as comunidades locais nos seus próprios espaços, e levar a música e os músicos da Orquestra Gulbenkian aos lugares onde é possível quebrar barreiras, distâncias e estigmas sobre a fruição da música erudita, tornando-a um domínio de todos e para todos: as escolas. 
 
Foi esta a principal motivação que levou a Gulbenkian Música a lançar, no início deste ano letivo, o programa-piloto “Música na Escola”, que vai abranger 600 alunos, distribuídos por 22 turmas do 2º ciclo de dois agrupamentos de escolas de Lisboa, Padre Bartolomeu de Gusmão (Escola Josefa de Óbidos) e Marquesa de Alorna respetivamente, aos quais se somam mais 500 alunos que vão contactar indiretamente com o programa através da formação proporcionada a professores de dois agrupamentos de escolas: Ferreira de Castro (Mem Martins) e Azambuja.
 
O programa está divido em três fases: num primeiro momento, realizam-se as “Visitas às escolas” pelos músicos da Orquestra Gulbenkian, com o objetivo de pôr em contacto alunos e músicos, criando uma relação próxima entre ambos e também proporcionando o contexto para a realização do segundo momento do programa, as “Oficinas Pedagógicas”. Para estas oficinas, a Gulbenkian Música selecionou monitores – professores de música do ensino especializado – que vão apresentar e aprofundar com os alunos o repertório que vai ser apresentado no terceiro momento do programa, o concerto no Grande Auditório da Fundação.
 
O programa do primeiro concerto do “Música na Escola”, integrado nos já existentes concertos para escolas da Gulbenkian Música, teve lugar nos dias 29 e 30 de novembro com um repertório que incluiu as obras Pedro e o Lobo, de Prokofiev e O Carnaval dos Animais, de Saint-Saëns. Ao longo deste ano letivo, serão apresentados três programas no Grande Auditório, num total de seis concertos comentados. A participação é aberta a outras escolas mediante inscrição prévia.