Pinchas Zukerman

Maestro / Violino

O excecional nível artístico e técnico de Pinchas Zukerman, bem como a sua versatilidade como violinista, violetista e maestro, têm sido alvo de reconhecimento generalizado há mais de cinco décadas. Nascido em Telavive em 1948, foi com o apoio das Fundações América-Israel e Helena Rubinstein que viajou para os Estados Unidos da América em 1962 para estudar com Ivan Galamian na Juilliard School. Em 1967 venceu a 25.ª edição do Concurso Leventritt, iniciando a sua carreira como solista. Como maestro, foi Diretor Musical da Orquestra de Câmara de St. Paul e Maestro Convidado Principal da Sinfónica de Dallas. Como professor e mentor de novas gerações de músicos, criou programas pedagógicos inovadores e liderou, durante 25 anos, o Pinchas Zukerman Performance Program na Manhattan School of Music. É também o Diretor Artístico de um programa de treino avançado para jovens talentos no National Arts Centre, em Ottawa, no Canadá.

Na presente temporada, Pinchas Zukerman cumpre o décimo ano como Maestro Convidado Principal da Royal Philharmonic Orchestra, em Londres, e o quarto ano como Artista Associado da Sinfónica de Adelaide, na Austrália. Além destes seus compromissos, que incluem uma digressão à Coreia do Sul com a Royal Philharmonic Orchestra, dirige também a Filarmónica de Roterdão numa digressão no centro da Europa. Como maestro e solista, atua com várias orquestras na América do Norte, incluindo a National Arts Centre Orchestra, a Sinfónica de Toronto e a Filarmónica de Los Angeles. Na Europa colabora com a Orquestra Gulbenkian (que dirigiu a última vez em 2011), a Orquestra Nacional de Espanha, a NDR Radiophilharmonie, a Salzburg Camerata e a Sinfónica de Moscovo, entre outras orquestras. Como membro fundador do Zukerman Trio, com a violoncelista Amanda Forsyth e a pianista Angela Cheng, apresenta-se em Baltimore e Nova Iorque, (92nd Street Y), bem como em Itália e na Alemanha. Para além da celebração do 70.º aniversário de Pinchas Zukerman, a Manhattan School of Music marca o 25.º aniversário do Pinchas Zukerman Performance Program com um concerto de gala especial onde participam vários colegas de profissão e alunos.

Entre os muitos prémios e distinções com que Pinchas Zukerman foi agraciado, destacam-se a National Medal of Arts e o Isaac Stern Award for Artistic Excellence in Classical Music. A sua extensa discografia inclui mais de cem títulos, tendo ganho dois Grammy (1980-81) em vinte e uma nomeações.

Outubro 2018