Orquestra Estágio Gulbenkian

Lançado em 2013, o Estágio Gulbenkian para Orquestra, sob a direção artística da maestrina Joana Carneiro, é um projeto que promove a experiência orquestral de elevado nível técnico-artístico entre jovens instrumentistas portugueses ou residentes em Portugal e auxilia a transição entre a fase final da vida académica e a sua entrada no mundo profissional.

Cerca de 80 músicos de talento excecional, com idades compreendidas entre os 17 e os 26 anos, são escolhidos através de rigorosas provas de seleção realizadas anualmente em vários locais do País. Sob a orientação de tutores especializados e de maestros com alargada experiência neste domínio são preparadas obras do repertório sinfónico. No seu curto mas intenso percurso, os elementos da Orquestra Estágio Gulbenkian, designação que o agrupamento assume em digressão, tiveram oportunidade de atuar em alguns festivais nacionais importantes, entre os quais o Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim, o Festival das Artes de Coimbra, o Festival Música de Marvão, o Festival de Música de Paços de Brandão, o Festival Cistermúsica (Alcobaça), o Lisbon Music Fest, o Festival Jovens Músicos, bem como na Casa da Música, no Teatro Aveirense e no Grande Auditório Gulbenkian.

Têm partilhado o palco em programas com a Orquestra Gulbenkian, da mesma forma que, em 2018, tiveram oportunidade de tocar com a Royal Concertgebouw Orchestra no âmbito do projeto Side by Side, num concerto que este famoso agrupamento apresentou em Lisboa.

Nas palavras de Joana Carneiro “é uma grande alegria participar num projeto que tem que ver com a juventude portuguesa que dedica o seu tempo à música. (…) É um espaço pré-profissional de crescimento”.