Mihhail Gerts
Mihhail Gerts © DR

Mihhail Gerts

Maestro

Nos últimos anos, tem sido notável a rápida e firme ascensão do jovem maestro estónio Mihhail Gerts, com estreias sucessivas à frente de prestigiadas orquestras como a Orchestra dell’Accademia Nazionale di Santa Cecilia, a Royal Liverpool Philharmonic, a Sinfónica da BBC, a Sinfónica de Antuérpia ou a Filarmónica da Radio France. Outros destaques de atuações recentes incluem a Filarmónica do Luxemburgo, a Filarmónica de Marselha, a Filarmónica de Helsínquia, a Sinfónica de Stavanger, a Filarmónica de Bremen, a Orquestra Beethoven de Bona, a Sinfónica NHK de Tóquio, a Filarmónica de Osaka ou a Orquestra Nacional de Lille. Estabeleceu colaborações regulares com a RTÉ National Symphony Orchestra, a Sinfonia Varsovia, a Filarmónica Nacional da Rússia e a Sinfónica Nacional da Estónia.

Para além do repertório de concerto, Mihhail Gerts é também um maestro com experiência no domínio da ópera. Foi Kapellmeister do Theater Hagen (2015 to 2017) e maestro residente da Ópera Nacional da Estónia (2007 to 2014). Ao longo desses anos, dirigiu mais de quarenta produções diferentes de ópera e ballet. Como maestro convidado, apresentou-se no Teatro la Fenice (Veneza), no Teatro delle Muse (Roma), no Teatro Mikhailovsky (São Petersburgo) e na Ópera Nacional da Bielorrússia, entre muitos outros palcos.

Mihhail Gerts estudou direção de orquestra na Academia de Música da Estónia e na Hochschule für Musik Hanns Eisler, em Berlim. Entre 2013 e 2017, foi bolseiro do Dirigentenforum Programme do Concelho Alemão da Música. Em 2014 foi finalista do Concurso Donatella Flick da Sinfónica de Londres e do Concurso de Direção Evgeny Svetlanov.