FCG Secção: Música

Martha Argerich

Piano

Martha Argerich nasceu em Buenos Aires, na Argentina. Começou a estudar piano aos cinco anos de idade com Vincenzo Scaramuzza. Em 1955 viajou para a Europa com os seus pais, tendo prosseguido os seus estudos em Londres, Viena e na Suíça. Foi aluna de Friedrich Gulda, Stefan Askenase, Maria Curcio, Madeleine Lipatti, Abbey Simon e Nikita Magaloff. Em 1957 venceu o Concurso Internacional de Música de Genebra e o Concurso Internacional de Piano Ferrucio Buzoni, em Bolzano. Em 1965 atraiu definitivamente a atenção internacional ao vencer o Concurso Chopin de Varsóvia. Estreou-se nos Estados Unidos da América nesse mesmo ano e iniciou uma carreira profissional que se iria revelar como uma das mais cativantes da segunda metade do século XX.

Afirmando-se inicialmente no reportório virtuosístico do séc. XIX e início do séc. XX, Argerich foi, no entanto, alargando sucessivamente o âmbito dos seus programas e gravações, incluindo obras de J. S. Bach a Messiaen, passando por Beethoven, Schumann, Chopin, Liszt, Debussy, Ravel, Franck, Prokofiev, Bartók, Stravinsky, Chostakovitch, ou Tchaikovsky. Solista convidada de salas de espetáculo e festivais de música de grande prestígio, em todo o mundo, colaborou com grandes orquestras e maestros.

Martha Argerich dedica também um espaço importante da sua atividade à música de câmara, em parceria com outros artistas de grande craveira artística como os pianistas Alexandre Rabinovitch, Daniel Barenboim e Nelson Freire (com o qual se apresentou na Fundação Gulbenkian em março de 2001), o violoncelista Mischa Maisky, ou o violinista Gidon Kremer. Segundo as palavras da pianista: “Esta harmonia no seio de um grupo de artistas desperta-me um sentimento forte e pacífico”.

Martha Argerich realizou inúmeras gravações merecedoras dos principais prémios internacionais, incluindo Gramophone, Choc, Deutscher Schallplatten Kritik. BBC Music Magazine e Grammy. Desde 1998, é a Diretora Artística do Festival Martha Argerich de Beppu, no Japão. Em 1999 fundou o Concurso Internacional de Piano e Festival Martha Argerich de Buenos Aires. Em junho de 2002 fundou o Progetto Martha Argerich, em Lugano.