Jorge Pereira © DR

Jorge Pereira

Trompete

Jorge Pereira nasceu a cinco de fevereiro de 1990. Iniciou a sua formação musical aos 10 anos de idade no Centro de Cultura Musical de Vila Nova de Famalicão, onde foi aluno de Vasco Faria. Aos onze anos ingressou no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, na classe de António Silva, tendo terminando em 2009 com o Prémio de Mérito Artístico. No mesmo ano, interpretou o Concerto para Trompete de Arutunian com a Orquestra do Norte e recebeu o 2.º Prémio – Nível Sénior no Concurso de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, em Oliveira de Azeméis. Foi também laureado com o 3.º Prémio – Nível Superior no Concurso Luso-Espanhol, em Fafe. Posteriormente ingressou na Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou com Stephen Mason e David Burt. Trabalhou também com Barry Perkins, Michael Sachs, Sérgio Pacheco, Pierre Dutot, John Aigi, André Heuvelman, Guillaume Jehl, Gabor Tarkovi, Roman Ridenberger, Omar Tomasoni e Martin Angerer, entre outros.

Colaborou com a Orquestra do Algarve, a Banda Sinfónica Portuguesa, a Orquestra do Norte, a Orquestra de Câmara de Braga, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, a Orquestra Clássica do Sul e a Orquestra Gulbenkian, entre outras. Integrou a Orquestra de Jovens da Sinfónica da Galiza e a Orquestra de Jovens dos Conservatórios Nacionais. Fez parte da produção La Cage aux Folles de Filipe La Feria. Atualmente é instrumentista no musical Chicago, no Teatro da Trindade, e colabora regularmente com a Orquestra Gulbenkian.