James Newby © Gerard Collett

James Newby

Barítono

O barítono James Newby recebeu vários prémios, incluindo o Kathleen Ferrier de 2016, o Wigmore Hall/Independent Opera Voice Fellowship (2016) e o Prémio John Christie do Festival de Glyndebourne (2017). Foi selecionado para ser um dos Rising Stars da Orchestra of the Age of Enlightenment em 2017-2019 e foi BBC New Generation Artist entre 2018 e 2020.

Em recital, James Newby apresentou-se no Wigmore Hall, no Leeds Lieder, no Oxford Lieder e no Perth International Arts Festival (Austrália), em colaboração com os pianistas Joseph Middleton, Simon Lepper e Garry Matthewman.

Em setembro de 2019 ingressou na companhia da ópera Estatal de Hanôver durante dois anos. Em 2017 foi Jerwood Young Artist no Festival de Ópera de Glyndebourne, tendo participado em La Traviata, Hamlet, La Clemenza di Tito e Don Pasquale. Outras atuações neste domínio incluem Conde Almaviva (As bodas de Figaro) para a Nevill Holt Opera, PUSH, de Howard Moody, para a Ópera Glyndebourne e na sua estreia no La Monnaie, em Bruxelas, e ainda uma versão encenada da  Paixão segundo São João de J. S. Bach (Jesus), com a Sinfónica de Bilbau e o maestro Calixto Bieito.

Em concerto, James Newby apresentou-se nos BBC Proms, com a Sinfónica da BBC e o Gabrieli Consort. Atuações com Orchestra of the Age of Enlightenment incluíram: Christus, na estreia mundial de Judas Passion de Sally Beamish; Apollo, em Apollo e Dafne  de Händel, com o maestro Jonathan Cohen; e a Paixão segundo São Mateus, de Bach, sob a direção de John Butt.

 

James Newby é apresentado por The Barbican Centre.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.