FCG Secção: Música

Horácio Ferreira

Clarinete

Horário Ferreira é natural de Pinheiro de Ázere. Afirmou-se como um dos mais promissores clarinetistas da sua geração, tendo vindo a desenvolver uma carreira em franca ascensão. Iniciou o seu percurso musical aos oito anos de idade na Sociedade Filarmónica Lealdade Pinheirense e estudou posteriormente no Conservatório de Música de Coimbra e na Escola Profissional de Música de Espinho. Licenciou-se na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo, no Porto, na classe de António Saiote. Frequentou posteriormente a Escuela Superior de Musica Reina Sofía, em Madrid, onde foi aluno de Enrique Pérez Piquer e Michel Arrignon. Estuda atualmente em Paris com Nicolas Baldeyrou. Como bolseiro, recebeu o generoso apoio da Fundación Albéniz, da Fundación Carolina e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Obteve diversos primeiros prémios em concursos em Portugal, incluindo o Concurso da Costa Azul – Classe B (2004), o Prémio Jovens Músicos – Nível Médio (2007) e o concurso Terras de La Salette (2009). Foi finalista no Young Artists Competition (Kansas City) e no Concurso Internacional para Clarinete Gioseppe Tassis, em Milão. No Concurso Internacional de Clarinete Debussy, em Paris, foi premiado pela melhor interpretação da Première Rhapsodie de Debussy. Venceu a 28.ª edição do Prémio Jovens Músicos – Nível Superior, tendo-lhe sido atribuído o prémio Maestro Silva Pereira – Jovem Músico do Ano 2014. Mais recentemente, venceu o Concurso Internacional J. Pakalnis, em Vilnius, na Lituânia.

Como solista de concerto, tocou com a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, a Orquestra XXI, a Orquestra de Cascais e Oeiras, a Filarmonia das Beiras, a Filarmónica Checa, a Musica Humana Orchestra, a Orquestra de Câmara de Colónia e o Novus String Quartet. Além da Europa, apresentou-se nos Estados Unidos da América, no Canadá, no Brasil e na China. Gravou a obra Submundo, de Sara Claro, para a GDA/RDP. Atuou em vários festivais, incluindo os Festivais de Guimarães, Espinho e Póvoa de Varzim, o Festival Príncipe das Astúrias, o Festival de Clarinetes do Dão, o Cistermusica e o Festival ao Largo.

 

Fevereiro 2017