Gábor Káli © Johanna Link

Gábor Káli

Maestro

Desde que, em abril de 2019, Gábor Káli substituiu Iván Fischer à frente da Orquestra do Festival de Budapeste, o maestro húngaro tem recebido os maiores elogios da crítica e sido efusivamente ovacionado em cidades e auditórios como Budapeste, Elbphilharmonie de Hamburgo, Philharmonie de Paris e Philharmonie Luxemburg, posicionando-se como um dos mais promissores maestros da sua geração.

Ao longo da temporada 2021/22, a sua experiência no domínio da ópera levou-o a apresentar-se na Bayerische Staatsoper (Turandot, Giuditta), no Theater und Philharmonie Essen (O Castelo do Barba-Azul), na Semperoper Dresden (A flauta mágica) e no Nationaltheater Mannheim (Così fan tutte). Outras atuações confirmaram-no como um líder de formações sinfónicas, com convites para dirigir orquestras como a Sinfónica de Viena, a Sinfónica MDR de Leipzig, a Filarmónica de Londres, a Sinfónica de Singapura ou a Sinfónica da Rádio Húngara. Atuações recentes incluíram a Orquestra de Paris, a Orquestra Nacional do Capitólio de Toulouse, a Sinfónica da Rádio de Viena (Musikverein), a Sinfónica da Rádio Nacional Polaca, a Orquestra Nacional de Lille, a Filarmónica de Istambul, a Orquestra de Câmara Escocesa, a Orquestra de Câmara Irlandesa, a Kölner Kammerorchester, a Hong Kong Sinfonietta, a Staatsorchester Stuttgart, a Philharmonie Zuidnederland, a Filarmónica Eslovaca e a Sinfónica Nacional de Taiwan.

Músico de grande capacidade e versatilidade, Gábor Káli dirige regularmente obras contemporâneas e estreias absolutas. É Também muito apreciado e solicitado pelo seu profundo conhecimento das obras de Béla Bartók, o que o levou a dirigir a Orquestra do Festival de Budapeste em digressão.

Em 2018 recebeu o prestigioso Nestlé and Salzburg Festival Young Conductors Award. No mesmo ano, venceu o Concurso Internacional de Direção de Orquestra de Hong Kong. Em 2015 assumiu as funções de Kapellmeister e Diretor Musical do Nürnberg Staatstheater, onde dirigiu Wozzeck de Berg, La bohème de Puccini, Da Casa dos Mortos de Janáček​, Os Pescadores de Pérolas de Bizet, Arabella de R. Strauss e Otello de Verdi.

Gábor Káli estudou piano e direção na Academia de Música Franz Liszt, em Budapeste. No Fórum de Maestros do Conselho Alemão da Música participou em masterclasses de Kurt Masur, Colin Metters e Sian Edwards. Recebeu também formação de Péter Eötvös, Bernhard Haitink e David Zinman.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.