Carolina Figueiredo © DR

Carolina Figueiredo

Meio-Soprano

Carolina Figueiredo formou-se em Canto na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa em 2005, trabalhando hoje regularmente com Manuela de Sá e sendo acompanhada em âmbito de masterclass por Susan Waters e Lucia Mazzaria.

Colabora em concerto com grandes coros e orquestras nacionais, tendo-se apresentado em obras como Paixão segundo S. João (J. S. Bach), Messias (Händel), Stabat Mater (Pergolesi), Requiem e Missa da Coroação (Mozart), Te Deum (Charpentier), Magnificat e Gloria (Vivaldi), Petite Messe Solennelle (Rossini), Les Nuits d’Eté (Berlioz), Manfred (Schumann), Les Béatitudes (Franck), Oratória de Natal (Saint-Saëns), Il Tramonto e Lauda per la Natività del Signore  (Respighi), Sonho de uma Noite de Verão (Mendelssohn), Le Miroir de Jésus (Caplet). Participou das estreias modernas de obras de compositores portugueses como Quatro Absolvições de Bomtempo, Magnificat e Missa a 4 vozes de António Leal Moreira e Te Deum de Francisco António de Almeida, João de Sousa Carvalho, Brás Francisco de Lima e Jerónimo Francisco de Lima.

Nos palcos do Teatro Nacional de S. Carlos, Fundação Gulbenkian, CCB e Teatro D. Maria II integrou o elenco de Roméo et Juliette (Gounod) – Gertrude; La Traviata (Verdi) – Annina; Madama Butterfly (Puccini) – Kate Pinkerton; L’enfant et les sortilèges (Ravel) – Maman, Tasse Chinoise e Libellule -; L’Angelica (Sousa Carvalho) – Licori; Beaumarchais (Pedro Amaral) – Condessa Rosina; Der Zwerg (Zemlinsky) – 3ª Camareira; Dialogues des Carmelites (Poulenc) – Mère Jeanne; Ester (Leal Moreira) – Assuero; e Bastien e Bastienne (Mozart) – Bastien. Trabalhou sob a direção de Leonardo García Alarcón, Michael Corboz, Lorenzo Viotti, Michele Gamba, Domenico Longo, Laurence Foster, Aapo Häkinnen, Cesário Costa, Joana Carneiro, Pedro Amaral, João Paulo Santos, Marcos Magalhães, entre outros maestros.

Apresenta-se também regularmente em recital de música romântica, acompanhada por Olga Prats, João Paulo Santos, José Brandão e Anna Tomasik. Destaca-se a recente participação no certame dos Dias da Música 2019, num recital sob o tema de Shakespeare. Protagoniza regularmente produções de música contemporânea, de compositores como Carlos Marecos (Dor e Amor), Hugo Ribeiro (Canções do espaço e da luz) e Jorge Salgueiro (Vida de um Vinho, Eros), cujas obras estreou e gravou.

Carolina Figueiredo é licenciada em Direito e concluiu uma pós-graduação em Tradução (Diploma Internacional de Tradução do Chartered Institute of Linguists). Prossegue em paralelo uma carreira na área da tradução jurídico-legal.