Carlos Leite © Márcia Lessa

Carlos Leite

Trompete

Carlos Leite é natural de Cabeceiras de Basto. Aos onze anos ingressou na Escola Profissional Artística do Vale do Ave, na classe de trompete de Vasco Faria. Posteriormente estudou com Eliseu Correia, tendo concluído os seus estudos na Artave em 2011. Em seguida ingressou na Escola Superior de Música e Artes e do Espetáculo, na classe de Kevin Wauldron.

Foi galardoado com o 1.° Prémio em vários concursos nacionais, incluindo o Concurso de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, o Concurso de Trompete da Póvoa de Varzim e o Concurso Luso-Galaico Albertino Lucas. Participou também na 26.ª edição do Prémio Jovens Músicos, tendo alcançado o 3.º Prémio – Nível Superior. No mesmo ano, foi vencedor da bolsa para a 38th Annual Conference of the International Trumpet Guild, em Michigan, Chicago.

Em 2014 foi aprovado para programa Erasmus, na Escola Superior de Música da Catalunha, tendo ingressado na classe de trompete de Angel Serrano. Entre 2014 e 2018, foi membro titular da Orquestra de Jovens da União Europeia. Participou em master-classes de Hakan Hardenberger, Michael Sachs, Mireia Farrés, Frits Damrow e Pierre Dutot, entre outros. Em 2015 finalizou a Licenciatura em Música – Trompete com a classificação de 20 valores em Trompete. Foi professor convidado para o 23.º e 24.º Cursos de Aperfeiçoamento Técnico-Interpretativo do Conservatório de Música de Paredes, 2.° Festival BSP Júnior. Em 2017 foi laureado com o 1.º premio no 26.º Concurso Europeu de Música Lions, em Montreux, na Suíça. Em 2017 e 2018, lecionou trompete na Academia de Música Costa Cabral e na Escola Superior de Música e Artes e do Espetáculo.

Além de 1.º reforço na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Carlos Leite colabora com a Orquestra Sinfónica de Barcelona e Nacional da Catalunha e a Banda Sinfónica Portuguesa. Recentemente venceu a audição para Solista A da Orquestra Gulbenkian.