Behzod Abduraimov © Evgeny Eutykhov

Behzod Abduraimov

Piano

Behzod Adburaimov nasceu em Tachkent, no Uzbequistão, em 1990. Começou a tocar piano aos cinco anos de idade com a professora Tamara Popovich. Em 2009 venceu o Concurso Internacional de Piano de Londres. Estudou também com Stanislav Ioudenitch no International Center for Music da Park University, em Kansas City, no Missouri.

Behzod Adburaimov apresenta-se regularmente com as principais orquestras mundiais, sob a direção de maestros como Valery Gergiev, Lorenzo Viotti, James Gaffigan, Jakub Hrůša, Santtu-Matias Rouvali ou Gustavo Dudamel. Em novembro de 2019, tocou com a Orquestra Gulbenkian, sob a direção de Lorenzo Viotti. Apresentou-se várias vezes em recital no Stern Auditorium do Carnegie Hall, em Nova Iorque, no Queen Elizabeth Hall, em Londres e no Concertgebouw de Amesterdão. Recentemente, atuou na Sinfónica de Chicago, na Philharmonie de Colónia e no Festival de Baden-Baden. Outros recitais incluem os festivais de Aspen, Verbier, Rheingau, La Roque Antheron e Lucerna.

Os compromissos de Behzod Adburaimov para a presente temporada incluem a Filarmónica de São Petersburgo, a Deutsches Symphonie-Orchester Berlin, a Sinfónica Nacional Dinamarquesa, a Orchestre de la Suisse Romande, a Filarmónica de Oslo, a Filarmónica de Israel e a Sinfónica de Pittsburgh. Além do grande Auditório Gulbenkian, os seus recitais incluem a Alte Oper Frankfurt, a Amare Concertzaal, em Haia, e o Conrad Center, em La Jolla, San Diego.

Em 2018 foi lançado em DVD um filme da estreia de Abduraimov nos BBC Proms, com a Filarmónica de Munique e Valery Gergiev. O seu primeiro CD para a editora Decca (2012) incluiu peças de Liszt, Saint-Saëns e Prokofiev, recebeu o Choc da revista Classica e o Diapason Découverte. O primeiro dico de concerto, para esta editora, incluiu o concerto para Piano n.º 3 de Prokofiev e o Concerto para Piano n.º 1 de Tchaikovsky.

Atualização em 08 fevereiro 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.