Alina Ibragimova © Eva Vermandel

Alina Ibragimova

Violino

Alina Ibragimova nasceu em Polevskoy, na Rússia. Iniciou os seus estudos formais na Escola Gnesin de Moscovo e, a partir de 1995, prosseguiu a sua formação e aperfeiçoamento no Reino Unido, na Yehudi Menuhin School e no Royal College of Music. Teve como mestres Natasha Boyarsky, Gordan Nikolitch e Christian Tetzlaff. O seu repertório estende-se desde a música do Barroco até à estreia de obras contemporâneas, abordando com igual desenvoltura e apuro técnico os instrumentos modernos e os de época. Para além da sua intensa agenda como solista, em colaboração com agrupamentos e maestros de prestígio internacional, também dirige a partir do violino, tendo-se apresentado com a Kremerata Baltica, a Britten Sinfonia, a Academy of Ancient Music e Orquestra de Câmara da Austrália. As suas atuações mais recentes incluem estreias com a Sinfónica de Boston, a Sinfónica de Montreal, a Deutsches Symphonie-Orchester Berlin, a Filarmónica Real de Estocolmo, a Filarmónica Nacional Húngara, a Orquestra de Câmara Escocesa e a Sinfónica de Tóquio, bem como novas colaborações com a Filarmónica de Londres, a Sinfónica de Londres e a Orquestra de Câmara da Europa, para além de uma extensa digressão na Austrália.

No domínio da música de câmara, a solo ou acompanhada pelo pianista Cédric Tiberghien, atuou no Wigmore Hall, no Concertgebouw de Amesterdão, no Mozarteum de Salzburgo, no Carnegie Hall de Nova Iorque, no Palácio das Belas Artes de Bruxelas, no Théâtre des Champs-Élysées de Paris, no Musikverein de Viena e nos festivais de Salzburgo, Verbier, Gstaad, Manchester, Lockenhaus, Lucerna e Aldeburgh, entre outros palcos. Estreou-se com a Orquestra Gulbenkian em outubro de 2011, sob a direção de Lawrence Foster. Desde então, tem-se apresentado com regularidade na Gulbenkian Música, nomeadamente em recital a solo ou com o Chiaroscuro Quartet.

Alina Ibragimova recebeu o Borletti-Buitoni Trust Award (2008), o Classical BRIT Award (2009), e o Royal Philharmonic Society Young Artist Award (2010). Em 2016 foi distinguida com um MBE (Member of the Most Excellent Order of the British Empire). Alina Ibragimova agradece à Jumpstart Jr Foundation o gracioso empréstimo do violino Andrea Amati de 1570.

 

Outubro 2017

Atualização em 31 outubro 2017

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.