Ailyn Pérez

Soprano

A soprano norte-americana Ailyn Pérez é uma convidada recorrente dos principais teatros de ópera e salas de concertos a nível internacional. Diplomou-se pela Academy of Vocal Arts de Filadélfia e pela Universidade de Indiana. As muitas distinções que lhe foram atribuídas incluem o Prémio Leonie Rysanek da George London Foundation, o Shoshana Foundation Carrer Grant (2007), o 2.º lugar no concurso Plácido Domingo Operalia (2006), e o Prémio Richard Tucker (2012), entre muitos outros.

Momentos recentes de destaque na sua carreira incluem as interpretações de Alice Ford (Falstaff), Mimì (La bohème), o papel principal de Thaïs, Condessa de Almaviva (As bodas de Figaroe Julieta (Romeu e Julietana Metropolitan Opera, Violetta (La traviata), Elvira (Ernani) e Mimì, no Scala de Milão, Liù (Turandot), Micaëla (Carmen) e Violetta, na Royal Opera House – Covent Garden, Donna Anna (Don Giovanni), na Grande Ópera de Houston, e ainda apresentações na Ópera da Baviera, na Ópera de Zurique, na Ópera de São Francisco ou na Ópera de Hamburgo. Na temporada 2019/20 estreou-se no papel de Antonia (Os contos de Hoffmann), na Ópera de Paris, no papel principal de Rusalka, na Ópera de Santa Fe, e como Nedda numa nova produção de Pagliacci para a Ópera Nacional Holandesa.

Em concerto, Ailyn Pérez foi solista no Requiem de Verdi, com a Orquestra Metropolitana de Montreal e o maestro Yannick Nézet-Séguin, no Requiem de Mozart, sob a direção de Antonio Pappano, no Requiem de Dvořák, com a Filarmónica Checa, e na Sinfonia n.º 2 de Mahler, com a Filarmónica de Essen. Destaques recentes incluem o Requiem de Verdi, com Edward Gardner e a Minnesota Orchestra, e as Quatro Últimas Canções, de Richard Strauss, com Emmanuel Villaume e a Filarmónica de Praga. Cantou com Josep Carreras, Andrea Bocelli e Plácido Domingo em concertos de gala na Royal Opera House – Covent Garden, e foi várias vezes convidada a atuar em concertos de gala na Metropolitan Opera.

Entre outros palcos, Ailyn Pérez apresentou-se em recital, nos Rosenblatt Recitals, em Londres, no Kimmel Center de Filadélfia e na Ópera de San Diego. O seu álbum de estreia, em recital, intitulado “Poème d’un jour” (Opus Arte), um programa de canções francesas e italianas, recebeu os maiores elogios da crítica especializada.