Toscano – Pinheiro – Mira – Ferrandini

Slider de Eventos

Se o bebop foi uma revolução pelo facto de ter sentado as pessoas (antes, com o swing, o jazz era para dançar), a revolução do free jazz e depois a da livre-improvisação consistiu em fazê-las levantar-se de novo, mas desta feita para levar a dança – uma dança pensante e engajada – para a rua e para a vida quotidiana. E porque, nesta evolução, bop e free não se opõem, faz todo o sentido que um saxofonista daquela primeira herança como Ricardo Toscano toque com os improvisadores Rodrigo Pinheiro (Red Trio), Miguel Mira (Motion Trio) e Gabriel Ferrandini (Red Trio e Motion Trio).

A primeira reunião do grupo aconteceu em 2018, no Bar Irreal, e teve algumas variações com o mesmo tipo de equacionamentos free bop, como um quarteto de Toscano com Rodrigo Amado, Hernâni Faustino e João Lencastre e um trio de saxofones com o mesmo Amado e Pedro Sousa. No ano que passou, a formação Toscano / Pinheiro / Mira / Ferrandini atuou no Jazz em Agosto, naquele que foi um momento histórico no contexto português: o de um derrube de fronteiras entre tendências do jazz que entre nós andavam desavindas sabe-se lá bem porquê. A música que tocam é vibrante, fresca e orgânica, em linha com ambas as matrizes de que provém, mas apontando para diante.

Rui Eduardo Paes


ARTISTAS

Ricardo Toscano Saxofone alto
Rodrigo Pinheiro Piano
Miguel Mira Violoncelo
Gabriel Ferrandini Bateria


JAZZ 2020

A Fundação Calouste Gulbenkian junta-se à Associação Porta-Jazz e ao Jazz ao Centro Clube para apresentar o Jazz 2020, um ciclo com 10 concertos divididos entre Lisboa, Porto e Coimbra. Entre 31 de julho e 9 de agosto, o jazz e a música improvisada com carimbo português vão estar na ordem do dia.

Numa altura em que muitos artistas viram os seus projetos cancelados ou adiados, esta edição é também uma oportunidade única para apoiar mais de 60 músicos e as equipas técnicas envolvidas na produção destes concertos.

 

Conheça a programação

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.