Medeia

Met Opera in HD

Slider de Eventos

Data

Loading

Local

Grande Auditório Fundação Calouste Gulbenkian

Transmissão em diferido.

Nesta primeira produção da premiada série Met Live in HD, o Grande Auditório recebe, a partir de Nova Iorque, a transmissão da célebre ópera em três atos de Luigi Cherubini, trazida para a ribalta em meados do século XX quando Maria Callas encarnou a personagem principal. Com uma encenação inédita de David McVicar, e sob a direção do maestro Carlo Rizzi, o papel de Medeia será interpretado pela prestigiada soprano Sondra Radvanovsky.


Programa

New York Metropolitan Opera Orchestra
Carlo Rizzi Maestro
David McVicar Encenação e Cenografia

Brittany Renee, Sarah Larsen Criadas (Soprano, Meio-Soprano)
Janai Brugger (Soprano) Glauce
Michele Pertusi (Baixo) Creonte
Matthew Polenzani (Tenor) Jasão
Christopher Job (papel falado) Chefe da Guarda do Rei
Sondra Radvanovsky (Soprano) Medeia
Ekaterina Gubanova (Meio-Soprano) Neris
Axel Newville, Magnus Newville Filhos de Medeia

Doey Lüthi Figurinos
Paule Constable Desenho de Luz
Katy Tucker Projeções
Jo Meredith Diretor de Palco

 

Luigi Cherubini
Medeia
Ópera em três atos

Libreto de François-Benoît Hoffman.

Ato I
Cidade de Corinto, Grécia. No exterior do Palácio do Rei Creonte, no dia anterior ao seu casamento, Glauce, princesa de Corinto, prepara-se para casar com o herói Jasão. No entanto, no dia em que deveria estar radiante, a sua emoção predominante é de medo: Jasão mantém há anos um relacionamento com a feiticeira Medeia, mãe dos seus filhos. Glauce sabe que Medeia e Jasão têm uma história longa e complicada – a feiticeira usou a sua magia para ajudá-lo a roubar o tesouro conhecido como o Velo de Ouro, assassinou o seu próprio irmão e o tio de Jasão para o ajudar a recuperar o trono e, por fim, acompanhou-o ao exílio em Corinto. Ciente desse passado, Glauce teme que Medeia, ainda apaixonada por Jasão, possa fazer alguma coisa para impedir o casamento. Jasão promete a Glauce que não se interessa já por Medeia. Começam os preparativos para a festa de casamento. Medeia aparece e exige que Jasão volte para ela. Jasão rejeita os apelos de Medeia dizendo que escolheu Glauce. Medeia, magoada e enfurecida, amaldiçoa Jasão, chamando os deuses do Olimpo para a ajudarem na sua vingança.

Ato II
Dentro do palácio, Medeia arde de fúria pela traição de Jasão. Preocupado com a angústia de Medeia, Neris sugere que ela deixe Corinto. Creonte chega e também pede a Medeia que deixe a cidade. Medeia implora a Creonte que lhe permita apenas mais um dia com os seus filhos. Quando Creonte concorda, ela parece acalmar-se e até ordena a Neris que entregue um vestido e uma coroa como presentes para a noiva. À medida que a procissão do casamento passa, no entanto, Medeia expressa desejos cruéis para os recém-casados.

Ato III
No caminho entre o palácio e o templo, Medeia cumprimenta os seus dois filhos, enquanto uma tempestade escura surge no céu. De repente, ouvem-se gritos de lamentação vindos do palácio: os presentes de Medeia tinham veneno e Glauce morre em consequência disso. Enquanto uma multidão se reúne indignada, Medeia, os seus filhos e Neris escondem-se num templo próximo. Quando Medeia e Neris finalmente saem do templo, a feiticeira segura uma faca ensanguentada. Pensando apenas em ferir Jasão o máximo possível, ela assassinou os seus próprios filhos. Jasão, percebendo o que aconteceu, desmaia de dor. Medeia lança uma maldição final e incendeia o templo. Trovões rugem e relâmpagos atravessam o céu enquanto a multidão aterrorizada foge do templo em chamas.

Sinopse publicada por cortesia da Metropolitan Opera.

18:00 – Atos I e II
19:54 – Intervalo de 30 min.
20:24 – Ato III
21:00 – Fim da ópera


Informação Relacionada

Mecenas Principal Gulbenkian Música

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através do formulário Pedido de Informação.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.