Daniil Trifonov

Slider de Eventos

Data

Loading

Local

Grande Auditório Fundação Calouste Gulbenkian

A pianista Martha Argerich afirmou que nunca ouvira alguém como Daniil Trifonov, músico que junta na sua expressão “a delicadeza e o elemento endiabrado”. Um dos maiores talentos surgido nos últimos anos, o pianista russo já se tinha iniciado na música quando teve a sua epifania com a obra de Scriabin, compositor que o levou a investir no instrumento que hoje domina como poucos. Regressa amiúde, por isso, a Scriabin e a uma música tão orgânica que lhe parece emanar naturalmente. Embora de uma linguagem estilística muito distinta, Trifonov diz encontrar em Mozart a mesma qualidade numa música que se revela sem esforço – são dois dos compositores que interpretará neste programa.


Programa

Daniil Trifonov Piano

Piotr Ilitch Tchaikovsky
Álbum para as crianças, op. 39
1. Oração da manhã
2. Manhã de inverno
3. O pequeno cavaleiro
4. Mãe
5. Marcha dos soldados de madeira
6. A boneca doente
7. O funeral da boneca
8. Valsa
9. A nova boneca
10. Mazurca
11. Canção russa
12. O tocador de harmónica
13. Kamarinskaya [dança russa]
14. Polca
15. Canção italiana
16. Canção francesa antiga
17. Canção alemã
18. Canção napolitana
19. A história da ama
20. A feiticeira
21. Doce sonho
22. Canção da cotovia
23. O tocador de realejo
24. Na igreja

Robert Schumann
Fantasia em Dó maior, op. 17
1. Durchaus phantastisch und leidenschaftlich vorzutragen (Tocar sempre de um modo fantástico e apaixonado)
2. Mässig. Durchaus energisch (Moderado. Enérgico)
3. Langsam getragen (Lento e cerimonioso)

— Intervalo de 20 min —

Wolfgang Amadeus Mozart
Fantasia em Dó menor, K. 475

Alexander Scriabin
Sonata para Piano n.º 9, op. 68, Missa negra

Maurice Ravel
Gaspard de la nuit
1. Ondine
2. Le gibet
3. Scarbo

Johann Sebastian Bach
Jesus bleibet meine Freude
Coral da Cantata Herz und Mund und Tat und Leben, BWV 147 (arranjo de Myra Hesse)


Informação Relacionada

Mecenas Principal Gulbenkian Música

Mecenas Ciclo de Piano

  • PWC

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através do formulário Pedido de Informação.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.