Daniel Bernardes & Drumming GP

Liturgy of the Birds

Slider de Eventos

Assim como Stockhausen afirmava que, com Messiaen, seu antigo professor, tinha aprendido a «evitar o canto dos pássaros», também o próprio compositor que escreveu algumas das mais belas peças para órgão de igreja não tinha grande devoção pelo jazz. Algo que não impediu o pianista e compositor Daniel Bernardes a homenagear o autor de “Quatuor pour la fin du temps” num projeto que introduz numa moldura jazzística o fascínio que lhe provocou a audição da “Sinfonia Turangalîla”. 

Para todos os efeitos, Olivier Messiaen era conhecido por improvisar com o órgão durante as missas realizadas na Église de la Sainte Trinité, em Paris. Bernardes encontrou-lhe, inclusive, alguma proximidade harmónica com os paradigmas do jazz, e foi isso que o moveu na realização daquele que foi um dos discos do ano em 2019, “Liturgy of the Birds”. O que têm de comum a música de Messiaen e o jazz? A utilização dos antigos modos gregos. «Esta proximidade de natureza faz com que a linguagem harmónica de Messiaen se torne um caminho possível para o jazz contemporâneo», sustenta Daniel Bernardes, e o resultado dessa convicção está no que vamos ouvir, com um trio de piano jazz a ser completado por um ensemble de percussão com provas dadas, o Drumming GP.

Rui Eduardo Paes


ARTISTAS

Daniel Bernardes Piano
António Quintino Contrabaixo
Mário Costa Bateria

Drumming GP

Miquel Bernat Marimba
Jeff Davis Vibrafone
João Dias Glockenspiel
Pedro Góis Vibrafone


JAZZ 2020

A Fundação Calouste Gulbenkian junta-se à Associação Porta-Jazz e ao Jazz ao Centro Clube para apresentar o Jazz 2020, um ciclo com 10 concertos divididos entre Lisboa, Porto e Coimbra. Entre 31 de julho e 9 de agosto, o jazz e a música improvisada com carimbo português vão estar na ordem do dia.

Numa altura em que muitos artistas viram os seus projetos cancelados ou adiados, esta edição é também uma oportunidade única para apoiar mais de 60 músicos e as equipas técnicas envolvidas na produção destes concertos.

 

Conheça a programação

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se no direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação coletiva da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected]

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.