Painéis de Azulejo da Estação do Metropolitano do Cais do Sodré

N.º Inv.
ADPP755
Data
1998
Materiais e técnicas
2 painéis de azulejos
Medidas
5,4 m x 105 m (cada painel)
Proveniência
Col. Metropolitano de Lisboa, EPE
Inscrições

_

A proposta de decoração do Metropolitano do Cais do Sodré foi feita em novembro de 1989 pelo arquiteto Nuno Teotónio Pereira e pelos responsáveis do Metropolitano de Lisboa. Em outubro de 1990, Dacosta inicia um bloco de desenhos preparatórios [ADD666], mas falece antes de terminar o projeto. Pedro Morais, que já estava envolvido no projeto, é convidado por Miriam Dacosta a desenvolver o projeto com base nesses esboços de Dacosta. Pedro Morais optou por escolher um só desenho [ADD606], repetindo 12 vezes a imagem ampliada do coelho sobre as paredes laterais da estação sublinhando-a com a frase «ESTOU ATRAZAD…». Nas entradas em rodapé e teto, gravado na pedra, selecionou dois aforismos do António Dacosta. A produção e instalação dos dois painéis foi iniciada pela Azulejos Rugo a 28 de fevereiro de 1997 e terminada a 14 de janeiro de 1998. A estação do Metropolitano do Cais do Sodré seria inaugurada em abril de 1998.


Exposições


Bibliografia


Obras Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.