No final dos anos quarenta ou, mais

«No final dos anos quarenta ou, mais especificamente, depois de 1947, em Paris, o pintor realiza uma série de pequenos óleos abstractizantes s/ cartão prensado, que, além de uma profunda reflexão sobre a própria pintura, promovem uma transição, que só viria a verificar-se no final dos anos setenta, após cerca de trinta anos de silêncio. É então que A. Dacosta reaparece com surpreendente coerência e originalidade, ao associar o seu actual lirismo ao seu anterior surrealismo de raiz expressionista.»

(GONÇALVES, 1988, p. 12)


Bibliografia


Obras Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.