Esta pintura surge algo bruscamente

«Esta pintura surge algo bruscamente como um momento de mudança para outra situação plástica, que se descobria à revelia dessa fase de formação, na qual uma explosão de mancha quase informalista se projeta de uma situação figurativa, como um esgar expressivo. […] Passarinheiro é o desfecho da correlação entre o pintor e os referentes, como da ultrapassagem dos limites da forma, para passarmos a algo estranho ao quotidiano do próprio pintor e para além do acordo das formas. Já não é a aparência das coisas que lhe interessa, mas uma interioridade de imaginário visceral. […] O Passarinheiro abre com o seu espasmo de vómito um pequeno tremor que corrompe a intenção de retrato, abrindo outra dimensão na pintura de Dacosta que nos insinua ao surrealismo.»

(DIAS, 2016, pp. 40-41)


Bibliografia


Obras Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.