Textos fundamentais da física moderna I

O princípio da relatividade – A. Einstein, H. A. Lorentz, H. Minkowski

Tradução portuguesa da coleção de trabalhos originais sobre a teoria da relatividade, ou com ela estreitamente relacionados, publicada por Otto Blumenthal em Leipzig sob o titulo Das Relativitätsprinzip e constituida primeiro por trabalhos de H. A. Lorentz, A. Einstein e H. Minkowski estranhos à ideia da relatividade geral, depois, a  partir da 3ª edição (1919), aumentada com trabalhos de Einstein sobre a gravitação e finalmente, a  partir da 4ª edição (1921), acrescentada também com o trabalho de H. Weyl que nela figura em último lugar. […]

O livro contém onze trabalhos, insertos por ordem cronológica, que se repartem e caracterizam brevemente do seguinte modo: dois trabalhos de Lorentz, um sobre a experiência interferencial de Michelson e outro sobre fenómenos electromagnéticos num sistema em movimento, anteriores à fundação daquela teoria; o trabalho sobre o mesmo assunto mas concebido num espírito muito diferente, com que Einstein [VII] fundou a teoria da relatividade especial, e outro, também de Einstein, em que dessa teoria se extrai como consequência a descoberta da inércia da energia; o trabalho sobre o espaço e o tempo, em que Minkowski explana a descoberta, apresentada mais brevemente num trabalho um pouco anterior, de que o espaço e o tempo não são independentes, mas se unem num contínuo quadridimensional de métrica pseudo-euclidiana, descoberta sem a qual a teoria da relatividade geral não poderia desenvolver-se; o trabalho sobre a influência da gravidade na propagação da luz, em que Einstein desenvolve, melhor do que tinha feito num trabalho anterior, mas ainda dum ponto de vista elementar e de primeira aproximação, a formulação do princípio da equivalência, que viria a ser a base da teoria da relatividade geral e de que extrai consequências de grande importância sobre o modo como certos fenómenos físicos são influenciados pela gravitação; o trabalho sobre os fundamentos da teoria da relatividade em que Einstein compendiou e sistematizou os trabalhos com que nos últimos anos precedentes tinha fundado esta teoria, e outro também de Einstein sobre o principio de Hamilton aplicado à teoria, que contém um aperfeiçoamento sobre esta questão tratada anteriormente por Hilbert e por Lorentz; dois trabalhos de Einstein, um sobre a aplicação da teoria da relatividade geral à cosmologia e outro sobre o papel que possivelmente desempenharia a gravitação na constituição das partículas elementares da matéria então conhecidas, no primeiro dos quais se adota uma equação tensorial mais geral para o campo da gravitação a fim de se obter um mundo espacial estático finito com matéria uniformemente distribuída, e no segundo, mantendo essa equação mais geral, se postula uma forma especial dela dentro das cargas elétricas para se explicar a estabilidade do eletrão; finalmente o trabalho de Wryl sobre gravitação e eletricidade, que contém a primeira teoria unificada dos campos gravitacional e eletromagnético, obtida por meio duma generalização da geometria riemanniana em que, além da não integrabilidade da direção, se admite também a não integrabilidade do comprimento.

 

(Do prefácio de Manuel dos Reis)

Ficha técnica

Outras Responsabilidades:

Colectânea de artigos com um ensaio de H. Weyl ; notas de A. Sommerfeld; pref. de O. Blumenthal, Manuel dos Reis ; trad. de Mário José Saraiva

Edição:
6ª ed.
Coordenação editorial:
Fundação Calouste Gulbenkian
Editado:
Lisboa, 2014
Páginas:
Vol. 1, 301 p.
Título Original:
Das Relativitätsprinzip
ISBN:
978-972-31-0723-4