Mare Liberum

 

Promotor: APORVELA – Associação Portuguesa de Treino de Vela
Área Artística: Teatro
Responsável área artística: Catarina Aidos
Responsável área social: Rui Santos
Âmbito Territorial: Lisboa e Oeiras (Centros Educativos)
Duração: 36 meses
ODS: 4. Educação de qualidade, 10. Reduzir as desigualdades 

Mare Liberum © Márcia Lessa
Mare Liberum © Márcia Lessa

Mare Liberum é um projeto-piloto que pretende trabalhar com 91 jovens em três centros educativos de Lisboa, partindo da convicção de que estes jovens carecem de experiências diferenciadoras e de mundividência que lhes permitam uma reinserção plena na sociedade e na comunidade educativa, e procurando, através do estímulo físico e artístico, ajudá-los a desenvolver a sua autoestima, capacidade criativa e espírito de equipa.

Mare Liberum © Márcia Lessa
Mare Liberum © Márcia Lessa
Mare Liberum © Márcia Lessa
Mare Liberum © Márcia Lessa

Além de sessões de navegação na caravela Vera Cruz, promovidas pela Associação Portuguesa de Treino de Vela, os participantes realizam oficinas de escrita criativa, fotografia, cinema e teatro, sempre em torno dos conceitos de Mar, horizonte e liberdade. No culminar desta “travessia” estará uma partilha pública do trabalho realizado.

 

Saiba mais

Relacionado

 

A volta ao mundo que é uma volta à vida

Para os jovens do Centro Educativo Navarro de Paiva, a caravela Vera Cruz é o palco onde derrotam o seu monstro interior. Eis o resultado do primeiro ano do projeto PARTIS / Mare Liberum.

Ler Notícia

 

Isto é PARTIS 2020 © Carlos Porfírio

“Como no teatro, nós vamos falhar, e depois falhar melhor”

Conheça a história de I., uma jovem residente no Centro Educativo Navarro de Paiva que descobriu a sua paixão pelo teatro através do projeto Mare Liberum, apoiado pela iniciativa PARTIS.

Ler Reportagem

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para as seguintes metas

 

Meta 4.7

Garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de género, promoção de uma cultura de paz e da não violência, cidadania global e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável

Meta 10.2

Empoderar e promover a inclusão social, económica e política de todos, independentemente da idade, género, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição económica ou outra