Filarmónica enarmonia

Promotor: Bengala Mágica – Associação de Pais, Amigos e Familiares de Crianças, Jovens e Adultos Cegos e de Baixa Visão
Área Artística: Música
Responsável área artística: Rui Magno Pinto
Responsável área social: Dídia Lourenço
Âmbito Territorial: Lisboa, Cadaval
Duração: 36 meses
ODS: 4. Educação de qualidade, 10. Reduzir as desigualdades

 

© Associação Bengala Mágica
© Associação Bengala Mágica
Aula Aberta ESMAVC © Associação Bengala Mágica
Aula Aberta ESMAVC © Associação Bengala Mágica
  • © Associação Bengala Mágica
  • Aula Aberta ESMAVC © Associação Bengala Mágica

O projeto Filarmónica Enarmonia visa promover a formação musical e a prática de instrumentos de sopro e percussão junto de 30 crianças, jovens e adultos cegos ou com baixa visão e normovisuais, em Lisboa.

No decurso de 36 meses, serão ministradas aulas de teoria musical, instrumentos de sopro ou percussão e leitura e memorização musical, com recurso a conteúdos programáticos impressos em tinta, musicografia braille e diagramas de figuração em relevo. A constituição de uma banda filarmónica garantirá aos participantes a oportunidade de executar em conjunto obras musicais adequadas às suas competências cognitivas e ao seu gosto musical, em ensaios e concertos.

 

Saiba mais

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

 

Este projeto contribui para as seguintes metas

 

Meta 4.5

Eliminar as disparidades de género na educação e garantir a igualdade de acesso a todos os níveis de educação e formação profissional para os mais vulneráveis, incluindo as pessoas com deficiência, povos indígenas e crianças em situação de vulnerabilidade

Meta 4.7

Garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de género, promoção de uma cultura de paz e da não violência, cidadania global e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável

Meta 10.2

Empoderar e promover a inclusão social, económica e política de todos, independentemente da idade, género, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição económica ou outra