Ensino primário em Angola

Qualificar e reforçar as competências dos recursos humanos na educação ao nível do ensino primário em Angola

Na sequência do trabalho desenvolvido no âmbito do PREPA – Projeto de formação de formadores de professores para o ensino primário em Angola, que consistiu na formação de formadores, produção de guias e módulos de formação e apetrechamento e organização de um Centro de Recursos Educativos na Escola do Magistério primário de Benguela, a Fundação Calouste Gulbenkian foi convidada pelo Ministério de Educação de Angola a apresentar uma proposta para a componente de formação contínua dos professores do Projeto Aprendizagem para Todos (PAT) realizado no quadro de uma parceria entre o fundo Learning for all do Banco Mundial e o Ministério da Educação angolano.

O PAT utiliza o método de formação em cascata, começando pelos formadores de escolas do magistério e terminando em 15 mil professores do ensino primário e prevê a produção de manuais e cadernos para professores, fichas para alunos e kits pedagógicos. 

O PAT teve início em outubro de 2016, conta com a colaboração técnica da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, e decorre até finais de 2019.

Atualização em 25 Janeiro 2018