Temporada 17/18

A música pode despertar diferentes emoções em diferentes ouvintes. Enquanto um está atento às capacidades técnicas dos músicos, outro pode estar interessado em relações mais abrangentes entre a música e a filosofia ou entre a música e o mundo à nossa volta. Na verdade, não existe uma forma correta de disfrutar da música. Há várias formas e cada ouvinte decide o que é melhor para si próprio. Para desafiar o público a encontrar prazeres diversificados nos concertos que planeamos, disponibilizamos múltiplas opções de escolha entre a diversidade de artistas e de estilos musicais presentes na nossa temporada. Em relação aos anos anteriores, reformulamos alguns ciclos e adicionamos propostas temáticas que agregam concertos de vários géneros musicais sob uma ideia unificadora.

 

Saber mais Brochura 17/18
Coro e Orquestra Gulbenkian

Coro e Orquestra Gulbenkian

No centro de cada Temporada da Gulbenkian Música encontram-se os concertos dos seus dois agrupamentos residentes: o Coro e a Orquestra Gulbenkian. Em função destas duas formações históricas da música portuguesa e europeia, é desenhada, em cada temporada, uma importante parte da programação, a qual conta com a colaboração de maestros e solistas de grande prestígio internacional.

Concertos de Domingo

Concertos de Domingo

A ligação à música deve começar cedo e os Concertos de Domingo, comentados em ambiente descontraído e pensados para serem fruídos em família, fazem um convite claro a uma descoberta das obras, dos compositores e dos intérpretes. Em cada sessão, as interpretações são acompanhadas por explicações que ajudam a contextualizar, a descodificar e a criar uma relação com os sons.

Piano

Piano

Num mundo cada vez mais sobrecarregado de estímulos, pouco haverá de tão elementar e memorável quanto assistir a um pianista de primeira grandeza, sozinho em palco, entregue a um instrumento de recursos quase ilimitados. Grigory Sokolov, Radu Lupu, Mitsuko Uchida, Evgeny Kissin ou Arcadi Volodos continuarão a confirmar-nos o porquê de o Ciclo de Piano merecer sempre a total confiança do público.

Grandes Intérpretes

Grandes Intérpretes

Não basta beneficiar das maiores obras do repertório mundial se elas não forem servidas pelos mais inspirados intérpretes. O ciclo Grandes Intérpretes traz todos os anos à Gulbenkian Música esses nomes de exceção, capazes de oferecer um novo fôlego a qualquer peça jamais criada. Martha Argerich e Lang Lang são exemplos desse toque iluminado, num ano marcado pela residência de Il pomo d’oro.

Entre o Céu e a Terra

Entre o Céu e a Terra

Primeiro de três blocos temáticos que atravessarão a Temporada Gulbenkian Música 17/18. Entre o Céu e a Terra cria pontes entre várias obras que exploram a qualidade transcendente daquilo que se encontra para além da razão e da palavra. À boleia da música, visitam-se crenças e valores presentes na cultura de distintas geografias, das Suites para Violoncelo de Bach à música síria ou ao canto sacro argelino.

Pianomania!

Pianomania!

Não haverá outro instrumento que suscite tão grande encantamento. O piano, estrela maior das temporadas Gulbenkian Música, graças à apresentação regular dos seus mais inspirados intérpretes, é este ano ainda mais destacado com a Pianomania!. Entre a mestria de Menahem Pressler, Pedro Burmester e Mário Laginha, e o vigor de Daniil Trifonov e Yuja Wang, todo um mundo de descobertas.

Guerra ou Paz

Guerra ou Paz

Em tempos de guerra, a música funciona muitas vezes como derradeira forma de consolo ou de resistência. Perante o horror e a crueldade, a ligação à beleza e à harmonia pode oferecer um escape, um abrigo temporário e um espaço de evasão. Guerra ou Paz levar-nos-á até momentos históricos fundamentais, com Jordi Savall ou Joyce DiDonato a mostrar-nos como a música pode promover a concórdia.

Festival dos Quartetos de Cordas

Festival dos Quartetos de Cordas

A possibilidade de juntar, em apenas três dias, seis dos mais inventivos e desafiadores quartetos de cordas da atualidade constituirá um momento único esta temporada. Uma excelente oportunidade de introdução ao género pela amplitude e diversidade das propostas musicais, e também o momento em que cada um poderá descobrir, ou ouvir de novo, peças obrigatórias do repertório de câmara.

Solistas da Orquestra Gulbenkian

Solistas da Orquestra Gulbenkian

A Orquestra Gulbenkian é formada por instrumentistas profissionais de grande qualidade técnica e artística. Ao longo da temporada, estes apresentam-se também em contexto de música de câmara, em recitais de entrada livre, saindo assim do anonimato intrínseco à sua presença no seio da orquestra. Ao mesmo tempo que assumem uma maior visibilidade, contribuem de forma relevante para uma melhor apreciação e valorização da música de câmara no seu conjunto, desde o repertório corrente do género até à estreia de novas obras.

Portas Abertas - Rising Stars

Portas Abertas - Rising Stars

ECHO - European Concert Hall Organisation é uma rede europeia que reúne algumas das mais prestigiadas salas de concertos. Entre as instituições envolvidas são selecionados anualmente jovens músicos de excecional talento, que recebem formação na gestão dos seus percursos artísticos. Este ciclo é enquadrado no evento Portas Abertas, uma iniciativa que, ao longo de um dia intenso, convida o público a disfrutar de uma atmosfera musical festiva em ambiente informal.

Met Opera Live in HD

Met Opera Live in HD

Em poucos anos, as premiadas transmissões da Metropolitan Opera House, em Nova Iorque, diretamente para o Grande Auditório tornaram-se um acontecimento imprescindível a cada nova temporada. Exibida com as mais elevadas condições técnicas, o Met Opera Live in HD coloca-nos diante das mais extraordinárias produções de ópera atuais – de Bellini, Puccini e Donizetti a Massenet e Adès.

Músicas do Mundo

Músicas do Mundo

Através das músicas do mundo, viajamos sem precisar de exibir o passaporte. Damos ouvidos e dir-se-ia que pisamos solo sírio, argelino, libanês ou espanhol sem sair da cadeira. A música possui essa faculdade de aproximar e permitir descobrir outros povos e culturas, outras tradições e outros costumes, tornando o planeta mais pequeno e aguçando a curiosidade e o respeito pela diferença.

Jazz em Agosto

Jazz em Agosto

Desde 1984 que o Jazz em Agosto traz à Fundação Gulbenkian uma mostra das propostas mais criativas e inovadoras do jazz e da música improvisada. Em vez de apenas programar com os olhos no passado e na riqueza de um género musical que alterou a história da música no século XX, o festival tornou-se uma referência no apontar de novos caminhos e na identificação de novas vozes que reformulam esta linguagem na contemporaneidade. Por aqui, entre muitos outros, passaram os seminais Sun Ra, Cecil Taylor, Ornette Coleman ou Art Ensemble of Chicago, mas também as novas propostas de John Zorn, Mats Gustafsson ou Peter Evans.

Guias de Audição

Guias de Audição

Os Guias de Audição pretendem dar ao público uma informação complementar acerca dos repertórios a apresentar nos concertos da Orquestra Gulbenkian. Estas intervenções permitem uma ampliação do conhecimento sobre as obras e os compositores, através de comentários e da audição de excertos musicais.