12 fevereiro 2019

Romeu e Julieta

Depois do aplauso do público e da crítica aos três primeiros programas, a 15 e 17 de março Lorenzo Viotti dirige o Coro e Orquestra Gulbenkian numa produção inédita de Romeu e Julieta, de Gounod, com Vannina Santoni e Georgy Vasiliev nos papéis principais.

Romeu e Julieta © Ingo Hoehn

Depois do aplauso do público e da crítica aos três primeiros programas, Lorenzo Viotti dirige agora o Coro e Orquestra Gulbenkian numa produção inédita de Romeu e Julieta, de Gounod, com Vannina Santoni e Georgy Vasiliev nos papéis principais.

Tal como na Ode Marítima, concerto que o maestro titular da Orquestra Gulbenkian dirigiu nos finais de novembro, a encenação estará a cargo de Vincent Huguet, colaborador próximo de Patrice Chéreau, com um largo e invejável currículo ligado à ópera.

Entre as muitas centenas de peças baseadas em Romeu e Julieta, o clássico teatral de William Shakespeare, a ópera do compositor francês Charles Gounod será uma das mais populares e mais interpretadas um pouco por todo o mundo. A Romeu e Julieta seguiu-se a uma outra adaptação de enorme sucesso vertida por Gounod, Fausto (de Goethe), tendo o músico trabalhado com a mesma equipa de libretistas.

Apaixonado pela ópera, Lorenzo Viotti dirigirá em cada temporada uma nova produção no Grande Auditório.