28 Novembro 2019

Audições para Trompa

Solista A Co Principal (com a obrigatoriedade de tocar 1ª e 3ª trompa) e Solista B (com a obrigatoriedade de tocar 2ª e 4ª trompa)

As audições estão organizadas com vista a preencher a vaga de Solista A Co Principal (obrigatoriedade de tocar 1º e 3º trompa) e Solista B (obrigatoriedade de tocar 2º e 4º trompa), no naipe de trompas da Orquestra Gulbenkian. As audições são de natureza indicativa e a Fundação Calouste Gulbenkian reserva para si o direito de não contratar nenhum dos candidatos presentes na audição, independentemente da sua classificação. Caso um dos candidatos vença a audição, e se essa for a vontade expressa do júri, ser-lhe-á proposto um contrato com duração de um ano ou de uma temporada, período após o qual será feita uma reavaliação pelo júri para ser decidida uma possível transição para um contrato permanente no caso do Solista B e um contrato de 4 anos no caso do Solista A.

 

Quando e onde?

As audições irão ter lugar na Sala de Ensaios Principal, no edifício sede da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, Portugal, nas seguintes datas:

Solista B – 28 e 29 de março de 2020
Solista A – 29 e 30 de março de 2020

Av. de Berna, 45-A, 1067-001 Lisboa, Portugal

 

Como?

Todas as candidaturas devem ser realizadas única e exclusivamente através do website www.muv.ac, não sendo considerada válida qualquer candidatura enviada por outro meio que não este. Também será excluída do processo de seleção toda e qualquer candidatura que não esteja com os campos obrigatórios devidamente preenchidos. Antes de submeter a sua candidatura, pedimos que leia atentamente o Regulamento das audições. O prazo limite para receção de candidaturas encontra-se indicado na plataforma, ficando excluídas todas aquelas que chegarem após o mesmo. Quaisquer questões deverão ser endereçadas para o email: audicoesog@gulbenkian.pt

 

Porquê a Orquestra Gulbenkian?

Em cada temporada, a Orquestra Gulbenkian realiza uma série regular de concertos no Grande Auditório – sala reconhecida pela suas condições acústicas únicas – na qual tem tido a oportunidade de colaborar regularmente com alguns dos maiores nomes do mundo da música, como Gustavo Dudamel, Esa-Pekka Salonen, Kirill Petrenko, David Zinman e Susanna Mälkki, entre outros. Para além de atuar em diversas localidades do país, a Orquestra Gulbenkian tem vindo a ampliar a sua atividade internacional com digressões na Europa, Ásia, África e Américas. Tem ainda produzido inúmeros registos discográficos premiados em editoras como a Deutsche Grammophone, Philips e Pentatone. Lorenzo Viotti é o atual Maestro Titular da Orquestra Gulbenkian.

 

Quais as condições?

Salário e benefícios:

  • Remuneração de 3.249,00€ x 14 meses para solista A
  • Remuneração de 2.726,00€ x 14 meses para solista B
  • Média de 45 semanas de trabalho anual
  • 30 horas de trabalho por semana (valor médio)
  • Subsídio anual de manutenção de instrumento de 1.250,00€
  • Subsídio anual de vestuário de 250,00€
  • Seguro de saúde / Despesas Estomatológicas
  • Plano de Pensões
  • Subsídio de refeição e de transporte
  • Licenças artísticas de 3 semanas por ano para solista A
  • Licenças artísticas de 2 semanas por ano para solista B