Voltaic Trio / أحمد [ahmed]

Slider de Eventos

Para contrariar as limitações da pandemia, Luís Guerreiro, Jorge Nuno e João Valinho criaram o Voltaic Trio, apontado para um lugar de escapismo. Música de enorme intensidade, com o peso da eletricidade a garantir descargas desaceleradas parentes do doom metal, mas sempre a enviar notas para o espaço através de uma expedição psicadélica e de um aventureirismo filiado na improvisação livre. Logo a seguir, Pat Thomas, Joel Grip, Antonin Gerbal e Seymour Wright partilham a música do quarteto londrino que recupera a obra de Ahmed Abdul-Malik. Free jazz altamente original, numa belíssima luta contra o esquecimento histórico de um criador que soube inventar uma linguagem única e pessoal, atravessada por sonoridades arábicas e africanas.

Reconhecido pelas notas de contrabaixo e de alaúde que tocou em formações de Art Blakey, Thelonious Monk e Earl Hines, Ahmed Abdul-Malik guardou para os seus discos a exploração a fundo de um jazz que se imaginava atravessado por sonoridades arábicas e africanas. Com o propósito de recuperar a obra de Abdul-Malik (1927-1993), que foi também filósofo e pedagogo, Pat Thomas, Joel Grip, Antonin Gerbal e Seymor Wright montaram, em Londres, um quarteto que tenta corrigir o esquecimento histórico do seu legado enquanto compositor. Ahmed, assim se chama a formação, leva a palco uma herança free jazz extremamente original, numa belíssima luta contra o apagamento de um criador que soube inventar uma linguagem única e pessoal.


Programa

Luís Guerreiro Trompete, Eletrónica
Jorge Nuno Guitarra elétrica
João Valinho Bateria

Pat Thomas Piano
Seymour Wright Saxofone alto
Joel Grip Baixo elétrico
Antonin Gerbal Bateria

 

 


A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se o direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz para a difusão e preservação da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de [email protected] .

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.