• Turquia, Iznik, c. 1580-1585
  • Cerâmica pintada sob o vidrado
  • Inv. 2240
  • Arte do Oriente Islâmico

Prato fundo

A decoração deste prato utiliza o motivo conhecido como cintamani, ou seja, o conjunto de três círculos agrupados em triângulo alternando com duas faixas paralelas ondulantes. Tradicionalmente associado a símbolos budistas, a sua primeira aparição na louça de Iznik data do primeiro quartel do século XVI.

O motivo, tão em voga nas artes decorativas da época, teve um significado específico na arte otomana, conotado com a força e com a coragem. Os três círculos representam as manchas da pele do leopardo e as duas listas a pele do tigre usadas pelos heróis lendários como símbolos de força e de poder.

Adquirido por Calouste Gulbenkian a Arthur Upham Pope, Oxford, outubro de 1934.

Ø 34,5 cm