• Paris, c. 1898
  • Bronze
  • Inv. 28
  • Fundidor: Alexis Rudier
  • Escultura

A Eterna Primavera (L’Eternel Printemps)

Auguste Rodin

Grande parte da obra escultórica de Rodin concentrou-se em torno de uma das suas mais importantes encomendas: a de um Portal Monumental destinado ao futuro Museu das Artes Decorativas de Paris, inspirado n’ A Divina Comédia de Dante. Esta encomenda, recebida em 1880, irá ocupá-lo durante muitos anos, sendo ocasião das mais variadas experiências. Muitos dos grupos autónomos hoje conhecidos foram inicialmente projetados para integrar as Portas.

É o caso da presente obra, provavelmente a primeira das suas tentativas de representação de um par amoroso enlaçado, baseadas na história de Paolo e Francesca. Rodin pretende transmitir uma imagem do amor, vivido em toda a sua intensidade e plenitude. A génese desta obra surge num momento de viragem no modo de Rodin encarar o amor, coincidente com a ligação que mantinha com Camille Claudel e que lhe abriu as portas para a possibilidade de coexistência da paixão física com a partilha intelectual.

Habituado a utilizar o modelo vivo para a composição das figuras, Rodin conseguiu dar mais vida aos seus corpos e mais naturalidade às suas atitudes. Trabalhou ainda por justaposição, reutilizando na composição deste grupo figuras criadas anteriormente. Não restam dúvidas que a figura feminina é uma derivante do Torso de Adèle (gesso de 1882 no Museu Rodin, Paris).

Proveniência

Coleção Chéramy. Adquirida por Calouste Gulbenkian, por intermédio de Graat, na Venda da Coleção Chéramy, maio de 1913 (lote 620).

A.64 cm; L. 69 cm; Prof. 38,5 cm.

Grappe 1938

Georges Grappe – Catalogue du Musée Rodin. Paris. 1938, n.º 100, p. 42-43.

Descharnes e Chaubrun 1967

Robert Descharnes e Jean-François Chabrun – Auguste Rodin. Lausanne: Edita Paris, Bibliothèque des Arts, 1967.

Jianou e Goldscheider 1967

Ionel Jianou e Cécile Goldscheider – Rodin. Paris: Arted, 1967, p. 98.

Tancock 1976

J.L. Tancock – The Sculpture of Auguste Rodin. Philadelphia: Philadelphia Museum Of Art, 1976, p. 241-247.

Elsen 1980 Albert Edward Elsen – In Rodin’s Studio. A Photographic Record of Sculpture in the Making. Oxford: Phaidon, 1980, nº 48, p. 171.

Jianou e Goldscheider 1981

The Metropolitan Museum of Art Bulletin, Spring, 1981.

Fonsmark 1988

Anne Birgitte Fonsmark – Rodin. La Collection du Brasseur Carl Jacobsen à la Glyptothèque - et œuvres apparentées. Copenhaga : Ny Carlsberg Glyptotek, 1988, p. 100-102.

Grappe 1988

Impressionist and Modern Painting and Sculpture. London: Christies, 28th March 1988, n.º 3, p. 15.

Figueiredo 1992

Maria Rosa Figueiredo – A Escultura Francesa. Catálogo de Escultura Europeia. Lisboa: Museu Calouste Gulbenkian, 1992, vol. I, p. 206-213.