• 1995
  • Televisão e DVD
  • Inv. IM16
  • Vídeo
  • Arte Portuguesa

Alexandre Estrela

TVs Back

No cerne da proposta de TV’s Back está a referência de um medium a si próprio e sobretudo a referência de um medium ligado à virtualidade imaterial da imagem à presença material e objetual do seu suporte. Na experiência corrente, a televisão é o ecrã de um monitor e a mobilidade fluida das imagens, nas quais supostamente mergulhamos, abstraídos do objeto que as sustém, apesar da “moldura” que forçosamente lhes confere. Na experiência desta obra, é sobretudo um objecto inestético e exposto na sua evidente imobilidade, uma vez que não há emissão televisiva.

 

A imagem no ecrã surpreende qualquer expectativa: vemos a parte de trás do aparelho, a sua superfície plástica, as suas etiquetas e grelhas de respiração. O objeto fecha-se sobre si mesmo, tornando forçadamente circular o nosso ponto de vista e simultânea a nossa percepção dos planos frontal e posterior do aparelho. A consciência deste fechamento destrói a esfera de ilusão que lhe está associada e inscreve a decepção do momento numa zona crítica mais alargada que toma a televisão por alienação e populismo estético, desde os anos de 1970. A par deste movimento, a obra incorpora aquele que tem tornado a arte um território de reflexão sobre si mesma.

 

A oposição imaterial que existe entre o sinal aberto da televisão e o sinal fechado do vídeo é negada nesta obra e substituída por um ecrã fechado às imagens do mundo e apenas aberto à sua grotesca presença de peça de mobiliário.

 

Leonor Nazaré

 

Março de 2013

 

 

TipoAquisição
DataMarço de 2001