• 2001
  • VídeoMini DV, VídeoDVCAM, VídeoMini DV, VídeoDVD e VídeoSuper 8
  • A definir
  • Inv. IM10
  • Vídeo
  • Arte Portuguesa

Fernando Calhau

Mar III B (Remake)

Em 1976, com base num confronto entre a projeção de filmes em Super 8 e a de diapositivos, Fernando Calhau produziu Mar I, Mar II e Mar III, instalações que se relacionavam diretamente com um conjunto de fotografias que desenvolvera em Londres entre 1973 e 1974, e que, numa perspetiva zenital, registavam superfícies naturais como a relva, a terra, a rocha ou a areia, mas também o mar. Essas fotografias ensaiavam a transição de um plano vertical para um plano horizontal e, embora pudessem ser inicialmente identificadas como paisagens, a ausência de uma linha de horizonte eliminava essa possibilidade ao suprimir a hierarquia visual classicamente associada à esta noção. Em certa medida, os filmes em Super 8 estendiam o programa dessas imagens, partindo igualmente de um plano fixo, mas introduzindo uma dimensão temporal ao que antes fora registado num só instante, ou introduzindo movimento ao que antes tinha sido captado estaticamente.

 

Insatisfeito com o registo fílmico de Mar III, em 2001 Fernando Calhau repetiu esse trabalho em vídeo, regressando exatamente aos mesmos locais que registara anteriormente, e assumindo essa nova versão como um «remake». Embora adotando uma escala mais ampliada – que agora se aproxima de uma dimensão real –, tal como nos dispositivos de 1976, em Mar III (Remake) é estabelecido um diálogo entre duas projeções que operam em meios diferenciados, mas que partem do mesmo enquadramento. Lado a lado, as duas projeções confrontam um instante cristalizado no tempo com uma textura em movimento – e, na verdade, mais do que representações de vistas de mar, ambas planificam uma mesma imagem, tornando, até certo ponto, abstrata uma realidade tridimensional.

 

 

MBA

 

Outubro de 2011

TipoValorUnidadesParte
Altura0cm
TipoDoação
Data15-07-2004